O futuro das instalações olímpicas depois dos Jogos de Sôtchi

Oficialmente foi anunciado que Estádio Olímpico Fischt será transformado em centro de treinamento esportivo da seleção russa de futebol Foto: Press Photo

Oficialmente foi anunciado que Estádio Olímpico Fischt será transformado em centro de treinamento esportivo da seleção russa de futebol Foto: Press Photo

A pouco mais de três meses do início dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Sôtchi, instalações e infraestruturas que vão receber as competições estão quase todas finalizadas. A grande questão que se coloca agora é o que será feito elas depois dos jogos.

Cinco meses atrás, era possível subir até as rampas de salto de esqui de Sôtchi, palco das próximas Olimpíadas de inverno, apenas de jipe: na subida pelas montanhas fluíam córregos, a quantidade de lama era intransponível e havia inclusive dúvidas se a estrutura em si era suficientemente confiável. Agora, a menos pouco mais de três meses dos Jogos, já há uma estrada normal coberta com a primeira camada de asfalto, as precisas medições feitas por satélite mostram claramente que as "montanhas russas" estão absolutamente fixas e os potentes taludes de estabilização das encostas ainda não levaram os arranjos finais para a inauguração apenas porque os engenheiros estão desviando os últimos riachos para o canal principal.

Mas o que vai acontecer depois? Como serão utilizados os outros grandes investimentos esportivos, em particular as instalações do aglomerado (cluster) costeiro?

Estádio Olímpico Fischt

Fase dos trabalhos: estão sendo montadas as imensas estruturas metálicas da cúpula para as cerimônias de abertura e encerramento do evento. Em segredo se diz que quase toda a cerimônia será feita no ar e não no chão.

Uso pós-jogos: oficialmente foi anunciado que ele será transformado em centro de treinamento esportivo da seleção russa de futebol e que acontecerão aqui alguns dos jogos da Copa do Mundo de 2018, mas isso não é o suficiente para a ocupação constante do espaço. Pelo visto, será necessário organizar aqui outros eventos de entretenimento, não necessariamente esportivos.

Palácio do Gelo Bolshoi

Fase dos trabalhos: completamente terminado

Os primeiros testes de competições internacionais foram as do Campeonato  Mundial de Hóquei no Gelo de juniores, realizados em abril.

Uso pós-jogos: a arena de gelo vai se tornar um centro esportivo multifuncional, isto é, permanecerá com a sua função de instalação esportiva.

Palácio Iceberg para Esportes de Inverno

Fase dos trabalhos: terminado

Os testes de competições internacionais foram feitos em dezembro de 2012, quando a instalação acolheu a final do Grand Prix de patinação artística sob os auspícios da União Internacional de Patinação. Em fevereiro, ocorreu a Copa do Mundo de patinação de velocidade em pista curta.

Uso pós-jogos: será reajustado para ser um velódromo e passará a ser usado para treinamento e competições de ciclismo.

Adler Arena

Fase dos trabalhos: terminada

As primeiras competições de testes foram as do campeonato do mundo de patinação de velocidade, que ocorreram em março.

Uso pós-jogos: será o maior centro de exposições do sul da Rússia.

Vila Olímpica Costeira

Fase dos trabalhos: a Vila Olímpica ocupa uma área de 72 hectares e já está totalmente construída. Os trabalhadores estão dando os últimos retoques paisagísticos e terminando a construção de um passeio pedestre (que liga um rio a outro) ao longo da costa, passando perto de marinas e praias.

Uso pós-jogos: será transformada em apartamentos e colocada à venda, com preço médio atual de cerca de 150 mil rublos (US$ 5.000) por m².

Principal Centro de Multimídia

Fase dos trabalhos: nas últimas semanas foram eliminados os últimos vazamentos do telhado, que surgiram devido à alteração do plano de engenharia inicial. Esta alteração teve que ser feita porque o Comitê Olímpico e as empresas emissoras terão que equipamentos no telhado. Depois de todo o equipamento chegar ao local, o chão de algumas das salas será cuidadosamente colocado.

Uso pós-jogos: a verdade é que o Centro de Multimídia tem capacidade espacial para alojar o Grande Colisor de Hádrons, mas após os Jogos Olímpicos está sendo planejada aqui a abertura de um enorme centro comercial e de entretenimento com hotel.

 

Publicado originalmente pelo RússkiReportior

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.