Brasil conquista Grand Prix de Futsal nos pênaltis

O treinador da equipe russa, Serguêi Skorovitch Foto: RIA Nóvosti

O treinador da equipe russa, Serguêi Skorovitch Foto: RIA Nóvosti

Seleção brasileira venceu a Rússia após empate de 2 a 2 no tempo normal.

A equipe brasileira conquistou neste domingo (27) o título da oitava edição do Grand Prix de Futsal, realizado em Maringá, no interior do Paraná. Na final, a equipe da casa venceu os russos nos pênaltis, após empate de 2 a 2 no tempo normal e 1 a 1 na prorrogação.

Durante a prorrogação, o Brasil saiu na vantagem com um gol de Falcão, mas, faltando apenas dois minutos para o apito final,  a seleção comandada pelo técnico Serguêi Skorovich conseguiu o gol de empate graças ao brasileiro Eder Lima, radicado na Rússia.

Com o placar empatado, a decisão foi levada aos penáltis e acabou sendo vencida pela seleção brasileira por 4 a 2.

“Gostei da maneira como nossa equipe atuou durante todo o torneio. Na final, fomos melhores do que o Brasil mas, infelizmente, não conseguimos finalizar  e levamos a decisão para os pênaltis”, disse o goleiro da seleção russa, Gustavo Lobo, à Gazeta Russa.

“A decisão por pênaltis é sempre uma loteria. Ainda teremos a chance de bater meus compatriotas. Temos uma equipe muito forte que pode atuar com sucesso na Copa do Mundo”, acrescentou Gustavo Lobo, jogador brasileiro também radicado na Rússia.

A próxima Copa do Mundo de Futsal será realizada em 2016 na Colômbia.

Revanche postergada

O time russo apresentou boa atuação durante o torneio disputado pelas oito melhores equipes do mundo. Na fase de grupos, a Rússia bateu a Guatemala por 4 a 0, o Paraguai por 7 a 0  e a Sérvia por 4 a 3. Nas semifinais, os russos se impuseram ao Paraguai por 4 a 2, mas não conseguiram se vingar da derrota para o Brasil na final do Grand Prix em 2011. 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.