Moscou sedia etapa russa do Circuito Mundial de vôlei de praia

Neste ano, um total de US$ 480 mil em prêmios será dividido igualmente entre os competidores masculinos e femininos Foto: ITAR-TASS

Neste ano, um total de US$ 480 mil em prêmios será dividido igualmente entre os competidores masculinos e femininos Foto: ITAR-TASS

Partidas classificatórias do Grande Slam começaram nesta quarta-feira (21) na margem do rio Moskva

Começaram nesta quarta-feira (21) na capital russa as partidas classificatórias da 6ª edição do Grande Slam de Moscou, mais uma etapa do Circuito Mundial de vôlei de praia. Neste ano, um total de US$ 480 mil em prêmios de será dividido igualmente entre os competidores masculinos e femininos. Cada dupla vencedora receberá US$ 33 mil.

Neste o ano, o torneio ocorre na margem do rio Moskva, perto do Estádio de Esportes Aquáticos, no noroeste de Moscou, ao invés do Monte Poklonnaia.

Na competição masculina, os favoritos são as duplas brasileiras, além os holandeses Alexander Brower e Robert Meuvsen, detentores do título mundial de 2013, os letões Janis Smedinsh e Alexander Samoilov, líderes atuais do ranking mundial, e os espanhóis Adrian Gavira e Pablo Herrera, atuais campeões da Europa.

Entre as mulheres, as favoritas são, além da dupla russa Evguênia Ukólova e Ekaterina Khomiakóva, as brasileiras e as alemãs, embora surpresas sejam possíveis.

Como nenhuma edição anterior do Grande Slam de Moscou passou sem chuva, a organização fará o possível neste ano para proteger os espectadores contra os caprichos do tempo. Nos dias de partidas decisivas, capas de chuva serão distribuídas entre os espectadores.

 

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.