Ginastas russas faturaram todos os prêmios máximos em Viena

Anastassia Gríchina, uma das estrelas da seleção russa da ginástica Foto: Reuters

Anastassia Gríchina, uma das estrelas da seleção russa da ginástica Foto: Reuters

Seleção russa conquistou as cinco medalhas de ouro possíveis no Campeonato Europeu de Ginástica Rítmica.

Apesar das mudanças na equipe ocorridas às vésperas do campeonato, a seleção russa sob a direção de Irina Viner garantiu cinco medalhas de ouro no Campeonato Europeu de Ginástica Rítmica, realizado em Viena de 31 de maio a 2 de junho.

Como a campeã olímpica de Londres e líder absoluta da equipe nacional, Evguênia Kanaeva, havia encerrado sua carreira esportiva, os treinadores tiveram de apostar em atletas jovens, praticamente desconhecidas pelo público, como Margarita Mamun, 17 anos, Daria Svatkovski, 16 anos, e Iana Kudriávtseva, 15 anos.

No fim das contas, a seleção russa apresentou um desempenho melhor do que no campeonato europeu do ano passado na cidade russa de Nijni Novgorod.

Em 2012, a equipe russa perdeu uma medalha de ouro para a Bielorrússia, porém, neste ano faturou cinco de medalhas de ouro das cinco possíveis. Isso porque, como o regulamento permite que apenas duas atletas de um mesmo país concorram nos aparelhos, a equipe russa só poderia conquistar, no máximo, cinco medalhas de ouro e quatro de prata.


Publicado originalmente pelo Kommersant

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.