Isinbaieva se prepara para Mundial de Atletismo de Moscou

Isinbaieva é a grande esperança russa no Mundial em agosto Foto: Reuters / Vostock Photo

Isinbaieva é a grande esperança russa no Mundial em agosto Foto: Reuters / Vostock Photo

Apesar das lesões, Elena Isinbaieva garantiu um retorno triunfante às competições de salto com vara, após obter a vitória na etapa de Xangai da Diamond League, circuito mundial que reúne a elite do atletismo. A atleta russa treina agora para o Mundial de Atletismo de Moscou, que acontece de 10 a 18 de agosto.

Bicampeã olímpica no salto com vara, Elena Isinbaieva, que muitas vezes falou sobre se aposentar do esporte em 2013, provou que ainda é capaz de grandes feitos. No último dia 18, a atleta russa alcançou 4,70 metros na prova e garantiu o primeiro lugar na etapa de Xangai da Diamond League.

Essa é a primeira vitória da campeã na temporada de verão deste ano, além de uma superação após problemas físicos que poderiam afastá-la dos campeonatos para sempre. “Os problemas no tendão de Aquiles atormentam Elena há muito tempo. Para ser honesto, até o último momento não tinha certeza se Isinbaieva seguiria para Xangai”, disse o principal treinador da seleção da Rússia, Valentin Maslakov, ao jornal “Esporte Soviético”.

“No início eu tinha a intenção de me aposentar do esporte em 2013, depois do Mundial de Atletismo”, declarou Helena no ano passado. “Mas quanto mais se aproxima esse dia, mais eu entendo que não quero me aposentar. Mesmo assim, está ficando um pouco pesado em termos de saúde.”

A continuidade de Isinbaieva nas competições também não retrata apenas o desejo de ter uma revanche nos jogos de 2016, por causa dos insucessos de Londres, mas dos contratos de patrocínio, conforme insinuou várias vezes o treinador de Isinbaieva, Evguêni Trofimov.  “Dificilmente os termos desses contratos pressupõem uma despedida de Elena do esporte em breve”, disse o técnico.  

A principal concorrente de Isinbaieva no Mundial de Atletismo de Moscou, que acontece será disputado entre 10 e 18 de agosto, será a campeã olímpica Jennifer Sur, dos Estados Unidos. Com 4,63 metros, a norte-americana venceu neste sábado (25) a brasileira Fabiana Murer na etapa de Nova York da Diamond League e conquistou a medalha de ouro na mais recente etapa.

Além de Isinbaieva, os russos Irina Gumeniuk (bronze no salto triplo) e Dmítri Tarabeen (bronze no dardo) também garantiram medalhas na etapa de Xangai da Diamond League.


Publicado originalmente pela Gazeta.ru

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.