Willian fecha transferência para o Anji por 35 milhões de euros

Willian (â esq.) é o quarto jogador brasileiro contratado do clube Anji. Foto: RIA Nóvosti

Willian (â esq.) é o quarto jogador brasileiro contratado do clube Anji. Foto: RIA Nóvosti

Contratado por 35 milhões de euros (R$ 94 milhões), ex-Shakhtior Donetsk se tornou o jogador mais caro da janela de transferências deste inverno na Europa. Na história do futebol russo, o valor da transação só ficou atrás das transferências do belga Axel Witsel (40 milhões de euros) e do brasileiro Hulk (55 milhões) para o Zenit São Petersburgo.

Ao tomar conhecimento do fim das negociações com o clube ucraniano, o técnico do Anji, Guus Hiddink, não conseguiu conter sua alegria. “Agradeço à diretoria do Anji por ter chegado a um acordo sobre a transferência de um jogador tão forte como Willian”, disse.

“Ele vai nos ajudar a disputar os lugares mais altos no campeonato russo e nos torneios europeus. Tenho certeza de que Willian se adaptará rapidamente ao time, sobretudo graças aos demais jogadores brasileiros do clube”, disse Hiddink.

Willian é o quarto jogador brasileiro contratado do clube pertencente ao bilionário russo Suleiman Kerimov, que já conta com Everton Almeida, João Carlos e Jucilei e o famoso Roberto Carlos, atual diretor  da equipe.

Roberto Carlos também se mostrou satisfeito com a nova aquisição do Anji. “Não foi à toa que brigamos por ele com gigantes do futebol europeu como o Chelsea e o Inter. Ele não é apenas nosso presente, mas também nosso futuro”, declarou.

“Ele conquistou uma vaga na seleção nacional quando jogava pelo Shakhtar e espero que continue escalado pelo time de Luiz Felipe Scolari no futuro”, completou Roberto Carlos.

Por outro lado, o romeno Mircea Lucescu, atual treinador do Shakhtar, criticou a decisão de Willian de deixar o clube ucraniano. “Apareceu um clube disposto a pagar a indenização prevista pelo contrato com o Shakhtar e o Willian logo aceitou a proposta”, disse o técnico.

“Tentei dissuadi-lo, mas ele não me escutou. Talvez tenha cedido a uma forte pressão por parte de seu empresário e familiares que queriam receber tudo de uma só vez”, acrescentou Lucescu, dizendo que Willian preferiu um bom salário ao sonho de jogar por um clube inglês forte que atua na Liga dos Campeões e enfrenta regularmente grandes equipes como Barcelona, Real, Baviera e Manchester United.

Willian atuava desde 2007 pelo Shakhtar, onde participou de 140 jogos e marcou 20 gols. Como jogador do Shakhtar, venceu quatro vezes o campeonato da Ucrânia, três vezes a Copa da Ucrânia e conquistou o título da Copa UEFA, na temporada de 2008-2009. Em 2011, o brasileiro foi considerado o melhor jogador da Ucrânia.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.