Rubin Kazan fecha empréstimo de Carlos Eduardo para o Flamengo

Carlos Eduardo fez seis jogos pela seleção brasileira entre 2009 e 2010. Foto: rubin-kazan.ru

Carlos Eduardo fez seis jogos pela seleção brasileira entre 2009 e 2010. Foto: rubin-kazan.ru

O Flamengo fechou o empréstimo do meia-atacante Carlos Eduardo com o clube russo Rubin Kazan. Pelo acordo, o clube brasileiro poderá comprar o passe do jogador após o fim do contrato de empréstimo, que tem validade de 18 meses.

O contrato que sela o empréstimo do meia-atacante Carlos Eduardo, 25, para o Flamengo beira os 8 milhões de euros e foi recebido com animação pelos dirigentes do clube de Kazan, capital do Tatarstão.

Em dois anos e meio na Rússia, o brasileiro participou de 13 jogos e fez apenas dois gols, ambos em sua estreia contra o Amkar Perm (3:0). Acometido por lesões diversas e sem conseguir se adaptar ao clima frio russo, o jogador brasileiro comprado do clube alemão Hoffenheim por 20 milhões de euros está fora dos campos há alguns meses.

Carlos Eduardo também reagiu favoravelmente à iniciativa retornar ao Brasil e promete fazer o possível para provar ao técnico brasileiro Luiz Felipe Scolari que merece uma vaga na seleção nacional. O jogador desembarcou no Rio de Janeiro nesta sexta-feira (25) para fazer exames médicos.

“Depois de seis anos na Europa, terei finalmente a oportunidade de ver sempre meus amigos e familiares”, disse o jogador. “Vou jogar no maior clube do Brasil e pretendo retomar minha vaga na seleção brasileira. Sonho em jogar na Copa do Mundo no Brasil em 2014”, completou.

De acordo com o ex-jogador da seleção de futebol russa e atual técnico da equipe juvenil, Serguêi Kiriakov, o meia-atacante brasileiro tem grandes chances de se recuperar.

“Eduardo mostrava um excelente desempenho na liga alemã e era alvo de muitos clubes da elite do futebol europeu, mas acabou escolhendo o clube russo aparentemente por razões financeiras”, disse Kiriakov, apontando como um dos motivos pelos quais muitos brasileiros, inclusive Carlos Eduardo, passam por uma experiência negativa na Rússia.

“Mas Eduardo tem muito talento e esperamos que no ele consiga mostrá-lo no Flamengo”, completou o treinador russo.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.