Tocha olímpica de Sochi-2014 percorrerá 65 mil quilômetros

Tochas olímpica e paraolímpica foram apresentadas pelo Comitê Olímpico Nacional da Rússia em evento no Gum (centro comercial perto da Praça Vermelha), em pleno centro de Moscou.

Os preparativos para os Jogos Olímpicos de Inverno 2014, em Sochi, passaram por mais um marco. As tochas olímpica e paraolímpica foram apresentadas pelo Comitê Olímpico Nacional da Rússia em evento no Gum (centro comercial perto da Praça Vermelha), em pleno centro de Moscou.

Os designers e engenheiros contratados para fabricar as tochas fizeram o possível para que os artefatos refletissem o conceito dos Jogos de Sochi, pautado pela ideia-mestra de complementaridade entre as tradições antigas russas e a modernidade.

Feita de alumínio, com o punho em polímero de alta resistência, ela mede 95 cm de comprimento e pesa 1,8 kg, fazendo lembrar uma pena do pássaro de fogo, que, segundo a lenda russa, possui o poder de iluminar o caminho.

Com o centro de gravidade localizado de maneira a proporcionar a máxima facilidade de uso durante o revezamento e uma borda vermelha no centro, a tocha foi apresentada pelos medalhistas olímpicos Iliá Aberbukh e Tatiana Navka, prata e ouro na dança no gelo, respectivamente, e tem um sistema de segurança para manter a chama acesa em condições meteorológicas difíceis, como de vento, frio e chuva fortes.

Na tocha paraolímpica, apresentada pela nadadora medalhista de ouro Olesia Vladíkina e pela modelo Natalia Vodiânova, a borda no centro é azul.

Ao todo, 14 mil pessoas carregarão a tocha –um processo seletivo já está sendo realizado.

"Não colocamos nenhuma condição especial, qualquer cidadão russo pode participar do revezamento", disse o presidente do comitê organizador, Dmítri Chernichenko, na cerimônia de apresentação.

As informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no site: torchrelay.sochi2014.com.

Ao revelar o percurso da tocha olímpica, a organização disse que o revezamento terá o trajeto mais extenso de sua história, passando por 2.900 povoados.

"A ideia é fazer com que 90% da população do país possa acompanhar de perto o revezamento. A tocha irá passar pelo monte Elbrus e pelo Lago Baikal, pelo Polo Norte e até pelo espaço circunterrestre", disse Chernichenko.

Na cerimônia de apresentação da tocha, Iliá Averbukh, medalha de prata olímpico na dança no gelo em Salt Lake City, campeão mundial de 2002 e campeão europeu de 2003, foi designado o 37º embaixador dos Jogos Olímpicos de Sochi.

"É uma grande honra para mim ter sido chamado ao grupo de embaixadores Sochi-2014 para divulgar nossos jogos”, disse Averbukh.

Revezamento

A tocha olímpica será acesa na Grécia e chegará de avião a Moscou no dia 7 de outubro de 2013. O revezamento percorrerá 65 mil quilômetros e 2.900 povoados, 83 regiões e todos os nove fusos horários do país, desde Kaliningrado até Vladivostok, e envolverá 14 mil portadores de tocha selecionados em um processo seletivo. C

erca de 130 milhões de habitantes do país terão a oportunidade de acompanhar de perto o evento.

Pelo caminho, mais de 30 mil voluntários carregarão a tocha, cada um em um trajeto de  200 a 300 metros, além dos portadores oficiais. Em média, a tocha irá percorrer 534 km por dia.

A maioria dos revezamentos será feita a pé, embora, em alguns momentos, ela seja transportada em avião, trem, automóvel, cavalos e renas, para chegar a Sochi no dia 2 de fevereiro de 2014.

O revezamento da tocha paraolímpica terá a largada em 26 de fevereiro de 2014 e chegará a Sochi em 7 de março de 2014, passando por 50 regiões do país.

 

Publicado originalmente pela Rossiskaia Gazeta

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.