Brasil pede para Rússia aumentar o fornecimento de fertilizantes

Minister of Mining and Energy of Brazil Bento Albuquerque

Minister of Mining and Energy of Brazil Bento Albuquerque

Ministério da Energia da Rússia/Global Look Press
Atualmente, 70% dos fertilizantes importados pelo Brasil são provenientes da Rússia, segundo o ministro de Minas e Energia brasileiro.

O Brasil iniciou as negociações para aumentar o fornecimento de fertilizantes russos em 2022, segundo o ministro de Minas e Energia do Brasil, Bento Albuquerque.

“Eu me encontrei em Moscou com o meu colega, o ministro da Agricultura da Rússia, e disse que precisamos de mais fertilizantes russos no ano que vem. As negociações apenas estão começando”, disse Albuquerque, citado pela agência Tass.

Segundo o ministro brasileiro, atualmente, 70% dos fertilizantes importados pelo Brasil são provenientes da Rússia. “Queremos aumentar esse volume, talvez, em 2 a 3%”, acrescentou.

Na semana passada, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, declarou que o aumento nos preços de fertilizantes e a escassez do produto no mercado global podem levar a uma crise e escassez de alimentos no Brasil em 2022. 

Segundo as estatísticas da Associação Nacional dos Distribuidores de Fertilizantes, o Brasil importa cerca de 85% dos fertilizantes necessários para a agricultura.

Os fertilizantes minerais representam mais da metade de todas as importações brasileiras da Rússia.

LEIA TAMBÉM: Volume de negócios entre Moscou e países da América Latina cresce 54%

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies