Pandemia consumiu US$ 13,6 bilhões do Orçamento russo em 2020, mostra relatório oficial

Alexander Zemlianichenko Jr/Xinhua/Global Look Press
Valor inclui despesas orçamentárias com assistência médica, auxílio financeiro à população e investimentos em hospitais.

De acordo com o Serviço Federal de Vigilância da Proteção dos Direitos do Consumidor, a  propagação do novo coronavírus na Rússia teve um impacto de mais de US$ 13,6 bilhões no Orçamento federal em 2020.

O relatório “Sobre o Estado de Segurança Sanitária e Epidemiológica da População da Federação da Rússia em 2020”, publicado no site da agência reguladora, explica que o aumento drástico das despesas orçamentárias se deveu principalmente à necessidade de fornecer assistência médica à população e realizar investimentos diretos em novos centros médicos.

“Mesmo sem contabilizar a queda do produto nacional bruto resultante de fatalidades, invalidez permanente e temporária, a perda econômica da nova infecção por coronavírus em 2020 (...) excede US$ 13,6 bilhões, o que supera a perda total de todas as outras doenças infecciosas em 40%”, lê-se no relatório.

Em 2020, o governo federal injetou cerca de US$ 2,5 bilhões na assistência médica aos pacientes de covid-19 e US$ 7 bilhões nos esforços de combate à pandemia, que incluem ajuda financeira à população e subsídios às empresas. Os gastos diretos com cuidados hospitalares ficaram em cerca de US$ 2,5 bilhões, enquanto o custo de testes médicos ultrapassou US$ 1,4 bilhão.

LEIA TAMBÉM: Moscou abre mais 25 postos de vacinação para estrangeiros

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies