Embaixada confirma primeiro caso de cidadã russa infectada por coronavírus

Reuters
Mulher está a bordo do navio Diamond Princess, em quarentena no porto japonês de Yokohama.

Uma cidadã russa a bordo do navio Diamond Princess, que está em quarentena no porto da cidade japonesa de Yokohama, foi diagnosticada com coronavírus, segundo um comunicado divulgado pela Embaixada da Rússia no Japão.

“Durante o exame médico de todos os passageiros do navio realizado pelas autoridades japonesas para detectar a infecção pelo covid-19, o coronavírus foi diagnosticado em uma cidadão russa a bordo. Em um futuro próximo, a mulher será transferida para um hospital, onde será submetida a tratamento”, lê-se na nota.

Este é o primeiro caso confirmado de infecção por coronavírus entre russos.

Nesta segunda (17), os médicos japoneses identificaram 99 novos casos de infecção pelo novo vírus no navio; o número total de casos detectados a bordo chega a 454.

LEIA TAMBÉM; Como o coronavírus está afetando a economia russa?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies