Petrolífera russa avalia reservas de gás na Venezuela

Lori / Legion-Media
Estatais pretendem realizar exploração conjunta de jazidas de gás no país.

As empresas petrolíferas estatais da Rússia a da Venezuela (Rosneft e PDVSA, respectivamente) concluíram os estudos de três jazidas de gás natural no território venezuelano, que pretendem explorar em conjunto após obter uma licença de extração, informou a assessoria de imprensa da Rosneft.

"No início julho, concluímos os estudos das reservas necessárias para o desenvolvimento de projetos de exploração das jazidas na plataforma continental da Venezuela (Patão, Mejillones e Rio Caribe), no âmbito do acordo assinado entre a Rosneft e a PDVSA", diz o comunicado.

Segundo o comunicado, as empresas pretendem solicitar licenças para extração junto ao Ministério do Poder Popular de Petróleo e Mineração da Venezuela.

A Rosneft participa como sócia minoritária de vários projetos de produção de petróleo na Venezuela, no âmbito de joint ventures com a PDVSA: PetroVictoria, Petromonagas e Petromiranda, na Faixa Petrolífera do Orinoco, e Petroperijá, em Boquerón.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.