Máslenitsa: de pagã a cristã, um sucesso comercial

2017 terá maior celebração da data em Moscou dos últimos tempos

2017 terá maior celebração da data em Moscou dos últimos tempos

Iliya Pitalev/RIA Novosti
Celebrada desde a Idade Média, festividade incrementa vendas de produtos alimentícios e pacotes de turismo.

A Máslenitsa, que começa nesta segunda (20) e dura até o domingo é uma celebração russa que envolve uma abundância de panquecas, passeios e a queima de um espantalho que representa o inverno.

Mas não só isso. Com o passar dos tempos, o feriado passou não só de pagão a cristão, mas também a uma data importante para o comércio. Além das tradicionais lojas de panquecas russas, hoje o turismo vê um incremento na data, com excursões curtas a cidades históricas russas de arquitetura medieval.

Em Suzdal, pessoas queimam espantalho que representa o inverno. Festa celebra início da primavera. / Vladímir Viatkin/RIA NôvostiEm Suzdal, pessoas queimam espantalho que representa o inverno. Festa celebra início da primavera. / Vladímir Viatkin/RIA Nôvosti

No setor alimentício, nota-se uma movimentação interessante: as vendas de produtos para o recheio de panquecas aumentam mais acentuadamente que as dos ingredientes para a massa em si, de acordo com o representante da rede de varejo Dixy, Anton Panteleev.

“A demanda por farinha aumenta 100% e por leite, 10%. Pelos principais ingredientes usados no recheio, o aumento é maior. O leite consensado tem um aumento de 200%, o mel, entre 20% e 30%, e o caviar vermelho tem sua segunda maior demanda do ano na Máslenitsa, atrás somente do Ano Novo. Nesse período, a demanda por caviar vermelho aumenta 50%”, diz Panteleev.

Panqueca da Pepsi e recheio “César”

As vendas da popular rede de restaurantes e quiosques de panquecas “Teremók” tem um aumento de até 40% nas vendas no período da Máslenitsa, de acordo com seu fundador, Mikhail Gontcharov.

Uma das principais redes de restaurantes especializados em panquecas, o Teremok incrementa vendas no período / Кiríll Zikov /Moskva AgencyUma das principais redes de restaurantes especializados em panquecas, o Teremok incrementa vendas no período / Кiríll Zikov /Moskva Agency

A rede não tem medo de experimentar novas receitas. Neste ano, um dos sucessos do restaurante é a panqueca “César”, recheada com a salada homônima.

Multinacionais operando na Rússia também aproveitam o período para incrementar os lucros. A marca “Domik v derevne”, de propriedade da Pepsi, por exemplo, lançou em fevereiro uma ação de marketing para entrega em casa de cestas para a feitura panquecas. O carro-chefe das é uma receita para panquecas fininhas com creme de ricota preparada por um chef convidado especialmente pela companhia.

A cidade de Moscou também se prepara para uma festa maior neste ano que em 2016. “Nunca foi tão grande a responsabilidade pela organização dos eventos da Máslenitsa como em 2017 . O festival ‘Málenitsa de Moscou’ trará as mais diversas panquecas, com mais de 30 barracas montadas especialmente para a confeção da iguaria e onde também se poderá aprender a fazê-la”, diz o chefe do departamento comercial e de serviços de Moscou, Aleksêi Nemeriuk.

Uma busca intermunicipal por panquecas

Além dos amantes de passeios intermunicipais, notam-se também durante a Máslenitsa aqueles que buscam novas sensações além dos limites da própria cidade. Assim, as agências de turismo que oferecem pacotes temáticos têm um incremento de 150% a 200% no período.

O aumento, porém, deve-se principalmente entre turistas russos. Os estrangeiros comprando esse tipo de pacotes no período são apenas 2% do total.

A dona da agência Mayel Travel, Maia Kotliar, ressalta que todas as cidades bem estabelecidas do Estado de Moscou têm boas festividades com panquecas, mas a região de Tverskaia goza de uma popularidade singular.

Quem busca por excursões mais curtas deve ter em mente as cidades de Súzdal, Úglitch e Kolômna. Suzdal, particularmente, é mais buscada por viajantes solitários.

Neste ano, porém, as cidades mais buscadas têm sido Múrom e Úglitch, de acordo com o diretor da agência especializada em excursões em território nacional “Rus”, Artiôm Sorókin.

“As pessoas escolhem fazer excursões na Máslenitsa porque elas incluem passeios e atrações russas, como canto, chá com panquecas, queima de espantalho e outros”, explica Artiôm. 

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.