Uruguai pretende aumentar exportação de alimentos para Rússia

Queijo similar ao parmesão é um dos principais itens de exportação do Uruguai à Rússia

Queijo similar ao parmesão é um dos principais itens de exportação do Uruguai à Rússia

DanitaDelimont/Global Look Press
País já é um dos principais compradores de soja, queijo e arroz uruguaios, de acordo com ministério da Agricultura. Delegação composta por presidente e empresários irá a Moscou para discutir acordos de comércio e investimentos.

Os produtores do Uruguai estão preparados para aumentar os fornecimentos de soja, queijo, arroz e carne de carneiro para a Rússia. A informação foi dada pelo ministro da Agricultura uruguaio, Tabare Aguerre, em entrevista à agência TASS.

“Estamos definitivamente prontos para exportar mais soja, arroz, certos tipos de queijo e manteiga, embora a Rússia já seja um dos principais consumidores desses produtos. Os produtores estão prontos para entregar carne de carneiro também, um mercado em que ainda não entramos na Rússia”, disse Aguerre.

O ano de 2016 foi “muito bem sucedido”, segundo o ministro, nas exportações de produtos lácteos e cítricos à Rússia. De acordo com dados do ministério chileno, a exportação de críticos totalizou US$ 12,8 milhões (contra US$ 7,5 milhões em 2015), de manteiga, US$ 21,1 milhões (contra US$ 30,3 mi no ano anterior).

“Os fornecimentos de carne, porém, foram menores do que em 2011 e 2012, quando a Rússia respondia por quase 30% da exportação de carne bovina do Uruguai. Mas o mercado russo continua potencialmente importante para nós”, acrescentou Aguerre.

“Os suprimentos de carne dependem em grande parte do poder aquisitivo da população e preços no mercado russo e do crescimento da produção interna de carne bovina, o que foi registrado na Rússia no ano passado”, continuou o ministro.

Os produtores do Uruguai não têm dificuldades para entrar no mercado russo, uma vez que “os serviços fitossanitários de ambos países estabeleceram bons contatos, possibilitando a resolução rápida dos problemas emergentes”, disse Aguerre.

Uma delegação composta pelo presidente do Uruguai, Tabare Vazquez, e um grupo de empresários visitará a Rússia, a Alemanha e a Finlândia entre os dias 7 a 17 de fevereiro. O objeto das reuniões é discutir questões de comércio e investimentos.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.