Com avanço de startups, aumenta a popularidade de pagamentos P2P

Plataforma asiática possibilita execução de operações de câmbio entre quaisquer moedas

Plataforma asiática possibilita execução de operações de câmbio entre quaisquer moedas

Divulgação
Sistema on-line permite troca de moedas estrangeiras a taxas menores que bancos.

A abertura crescente de startups tem contribuído para a popularização de transferências de dinheiro no esquema P2P (do inglês peer-to-peer, que quer dizer “de pessoa para pessoa”), que estão substituindo cada vez mais as transações tradicionais intermediadas por bancos.

Esse tipo de pagamento tem se tornado comum especialmente em transações que envolvem moedas diferentes, já que por meio do P2P é possível escapar das altas taxas de câmbio cobradas por instituições financeiras.

Os principais usuários de transferências peer-to-peer atualmente são proprietários de startups e pequenos negócios, estudantes que moram no exterior e profissionais que prestam serviços para outros países.

Bancos e corretoras costumam cobrar altas taxas para operações que envolvem moedas estrangeiras, e as trocas quase sempre apresentam um câmbio desfavorável para o usuário do serviço. Além disso, essas instituições exigem uma série de informações e documentos para realizar essas transações, aumentando a burocracia e o risco de roubo de dados.

Por meio da plataforma P2P os usuários têm a possibilidade de realizar trocas de moedas estrangeiras de forma rápida e simples, pesquisando as taxas de câmbio mais favoráveis.

Criptomoedas

Um modo de realizar transferências P2P é pelo sistema E-Dinar, uma plataforma online asiática que permite a execução de diversas operações de câmbio entre qualquer tipo de moeda. A plataforma funciona 24 horas por dia e permite transações entre moedas estrangeiras e criptomoedas, que fazem uso da criptografia para garantir a segurança das negociações.

Para utilizar a plataforma, é preciso fazer um registro, informando um telefone, um e-mail e os números de uma conta bancária. Em seguida, deve-se fazer uma requisição de compra e venda de moedas. A taxa cobrada pelo E-Dinar para operações com criptomoedas entre usuários da plataforma é de 0,2%, inferior às taxas cobradas por bancos tradicionais.

O sistema possui hoje mais de 100 mil usuários, provenientes principalmente da Ásia, África, América do Sul e Europa. Diariamente são realizadas mais de mil transações P2P por meio da plataforma online.

Em casos de fraude ou transações incorretas, o sistema garante a devolução de 100% do valor perdido em um prazo de 24 horas. O suporte técnico da plataforma possui atendentes que falam diversas línguas, como inglês, russo e chinês.

 

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia no seu e-mail?   
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Conteúdo fornecido por parceiro

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.