Sistema de transporte futurístico ligará Extremo Oriente russo a China

Custo de construção do Hyperloop é 30% inferior ao de ferrovia convencional

Custo de construção do Hyperloop é 30% inferior ao de ferrovia convencional

Press photo
Empresa da Califórnia ficará responsável por construção de trem de alta velocidade a vácuo, Primeiro projeto para o transporte de carga será apresentado em setembro.

O ministro dos Transportes russo, Maksim Sokolov, convidou a empresa Hyperloop One, com sede na Califórnia, para construir um sistema de transporte de alta velocidade a vácuo no Extremo Oriente. O projeto será conduzido na região de Amur para transporte de carga da China.

Segundo Sokolov, o projeto, que poderá ser realizado com o apoio financeiro do Estado, vai integrar o corredor de transporte Priamurye-2, que liga província chinesa de Jilin ao porto de Slavianka, no sul da Rússia.

“O sistema terá uma capacidade de carga anual de 10 milhões de toneladas”, disse o ministro russo a jornalistas durante o recente Fórum Econômico de São Petersburgo.

A construção de 70 quilômetros do Hyperloop será, de acordo com os desenvolvedores, 30% mais barata do que o custo de construção de uma ferrovia convencional, estimada em 30 a 40 bilhões de rublos (463 a 616 milhões de dólares).

A busca por investidores será feita pela própria Hyperloop One, afirmou uma fonte do Ministério dos Transportes russo ao jornal de negócios “RBC”.  Entre os financiadores na Rússia já figura o fundo de risco Caspian VC, do empresário Ziavudin Magomedov.

 Foto: Press photo
 Foto: Press photo
 Foto: Press photo
 Foto: Press photo
 
1/4
 

O cofundador da empresa californiana, Shervin Pishevar , esteve no Fórum Econômico de São Petersburgo deste ano para apresentar o inovador projeto de transporte de alta velocidade, testado pela primeira vez em maio no estado de Nevada, no oeste do Estados Unidos.

A empresa e a pasta dos Transportes russas concordaram em estabelecer um grupo de trabalho para a construção da via de transporte. “Vamos começar a desenvolver o projeto imediatamente para sermos capaz de apresentar o primeiro modelo já no Fórum Econômico em Vladivostok no início de setembro”, disse Sokolov.

Projeto futurístico

O projeto de transporte de alta velocidade Hyperloop foi apresentado pela primeira vez em 2012 por Elon Musk, fundador das empresas Tesla Motors e SpaceX. As cápsulas de transporte a vácuo do sistema podem atingir velocidades de 1.220 km/h.

A ideia futurista está sendo atualmente implementada por duas empresas concorrentes norte-americanas, Hyperloop Transportation Technologies e Hyperloop One. Seus projetos, porém, diferem na abordagem tecnológica: enquanto a primeira usa um sistema de colchão de ar, a Hyperloop One aplica o conceito de levitação magnética passiva.

Em março passado, o site de notícias Mashable relatou que a Hyperloop Transportation Technologies havia assinado um acordo com o governo eslovaco para a construção de um sistema de transporte supersônico ligando Bratislava a Viena e Budapeste.

Gostaria de receber as principais notícias sobre a Rússia no seu e-mail?   
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.