País é o melhor do Brics para investir, segundo Bloomberg

Investidores não estão intimidados pela queda dos preços do petróleo, de acordo com agência. Foto: Legion Media

Investidores não estão intimidados pela queda dos preços do petróleo, de acordo com agência. Foto: Legion Media

De acordo com relatório da agência de notícias financeiras, potencial russo é "subestimado". Rússia ultrapassou China no quesito.

A Rússia foi avaliada pela agência de notícias financeiras Bloomberg como o melhor dos países do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul) para se investir em 2015, ultrapassando a China, que antes liderava o ranking.

"Nossos modelos mostram que é preciso investir na Rússia", diz o gerente de investimentos da assessoria financeira londrina GAM U.K. Ltd., Tim Love, citado no relatório da Bloomberg.

De acordo com a agência, os investidores não estão intimidados pela queda dos preços do petróleo, sobretudo porque esse se estabilizou em um patamar acima dos 55 dólares por barril.

Outros fatores também influenciaram no resultado, fazendo do mercado russo o mais lucrativo dentre os Brics para investidores.

O investimentos na Rússia, porém, poderiam trazer ainda mais lucros se os riscos políticos diminuíssem.

Subestimada

"A maior parte da ações russas é totalmente subestimada", disse à agência o fundador da Prosperity Capital Management, Mattias Westmen. "Há potencial para recuperação", completa.

A agência ressalta que, em termos nominais, o índice Micex subiu 18% em 2015, ou seja, 4 pontos percentuais menos que o índice Shanghai Composite. Mesmo assim, a queda de volatilidade do mercado russo, combinada com a flutuação dos preços na China resultam em lucros nos investimentos na Rússia e na China de coeficientes de 1 e 0,6 pontos, respectivamente.

Ainda em março, a Bloomberg reportou que a situação na Rússia começava a mudar para melhor, e o crescimento da rentabilidade dos portadores de obrigações de corporações russas estabilizou-se.

Já no segundo trimestre do ano, os investidores que colocaram capital em títulos estatais em rublos receberam lucros equivalentes a 7% em dólares, enquanto os investidores que trabalharam com obrigações de outros mercados em desenvolvimento em 2015 perderam 1,1%.

 

Publicado originalmente pelo diário Rossiyskaya Gazeta.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.