Governo vai aplicar fundo de pensões em projetos de infraestrutura

Calcula-se que, no total, os fundos de pensões na Rússia acumulam mais de US$ 77,9 bilhões Foto: Ruslan Krivobok/RIA Nóvosti

Calcula-se que, no total, os fundos de pensões na Rússia acumulam mais de US$ 77,9 bilhões Foto: Ruslan Krivobok/RIA Nóvosti

Governo decidiu manter o sistema de aposentadoria por capitalização, que é formado por contribuições dos empregadores e investimentos. Além disso, contribuição vem sendo investida em projetos de infraestrutura, mas especialistas alertam que é preciso melhorar a qualidade da gestão dos fundos de pensão.

De acordo com uma declaração do primeiro-ministro russo, Dmítri Medvedev, o governo decidiu manter o sistema de aposentadoria por capitalização, formado por contribuições de empregadores e investimentos subsequentes. “Os fundos de pensão são uma fonte de dinheiro a longo prazo que pode ser usado quando os mercados financeiros internacionais estão fechados para a Rússia”, disse Medvedev.

O fechamento dos mercados ocidentais de financiamento e refinanciamento foi o catalisador para a atração dos fundos de investidores nacionais. Calcula-se que, no total, os fundos de pensões acumulam mais de US$ 77,9 bilhões, que é comparável com o volume dos fundos soberanos nacionais russos.Paralelamente, o ministro das Finanças, Anton Siluanov, acrescentou que, desde o início de 2015, os fundos de pensão vem sendo investidos em projetos do setor privado. Um deles é o projeto de gás natural liquefeito “Iamal GNL”, que prevê a construção de uma usina com capacidade de 16,5 milhões de toneladas de gás ao ano.

Para financiar os projetos de longo prazo, o governo está pronto inclusive para alterar a legislação para que o dinheiro dos fundos de pensões não estatais possa ser investido em ações, títulos e outros instrumentos financeiros. Pelas estimativas do Ministério das Finanças, essa medida atrairá de US$ 6,8 a US$ 7,8 bilhões por ano ao mercado de capitais do país.

O governo também está estudando a possibilidade de investir esse capital no projeto de reconstrução da linha ferroviária BAM-2, que conecta o Extremo Oriente russo com a Europa. Já a Rosneft, maior petrolífera russa, espera usar os fundos de pensões como uma fonte de empréstimos para o desenvolvimento de jazidas no Ártico.

Tendência internacional

“No mundo inteiro, os fundos de pensão são a fonte mais importante de investimentos de longo prazo na economia”, diz a vice-diretor geral do NPF Sberbank, Elena Tetiúnina. Segundo ela, o objetivo da reforma das pensões é justamente criar uma fonte de recursos a longo prazo para dar suporte à economia nacional. 

O vice-reitor da Academia Presidencial da Economia Nacional e da Administração Pública da Rússia, Aleksandr Safronov, também aponta para o fato de que, ao contrário dos depósitos convencionais, o período de investimento do dinheiro de pensão é de cerca de 25 anos. “Por isso é possível usar esse dinheiro para financiar os projetos de infraestrutura”, diz.

Porém, segundo Safronov, existem várias deficiências nesse mecanismo de investimento dos fundos de pensão, como o fato de os recursos não estatais não poderem ser investidos em projetos de inovação. “Enquanto isso, nos EUA em outros países desenvolvidos, os fundos de pensão são a principal fonte para o desenvolvimento de tais projetos”, afirma.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.