Banco Central vende US$ 700 milhões para segurar alta do dólar

Rublo despencou 44% em relação ao dólar este ano Foto: Reuters

Rublo despencou 44% em relação ao dólar este ano Foto: Reuters

O dólar americano foi cotado a quase 58 rublos nesta sexta-feira (12), após nova queda nos preços globais do petróleo. Esta semana moeda russa caiu 9% em relação à americana.

O dólar foi cotado a 57,98 rublos, e o euro, a 72,13 rublos, nas negociações desta manhã, de acordo com dados da Bolsa de Moscou. Mais tarde, a moeda sofreu leve recuperação, estimulada pela iniciativa do Banco Central de vender moeda estrangeira para deter a queda.

A pressão sobre o rublo foi intensificada nas últimas semanas, apesar de o Banco Central ter anunciado um aumento da taxa de juros em um ponto percentual. Em discurso na semana passada, o presidente Vladímir Pútin declarou “guerra aos especuladores”.

O Banco Central, que já vendeu US$ 75 bilhões para segurar a alta do dólar desde janeiro, usou mais US$ 700 milhões na manhã desta sexta, segundo a agência de notícias Reuters.

O preço do petróleo Brent, que serve de referência global, caiu para US$ 63 por barril nesta quinta, chegando a seu nível mais baixo em cinco anos e meio, e acumulando uma queda de 8% esta semana.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.