Porta-voz nega rumor de plano de desenvolvimento no modelo soviético

Plano de desenvolvimento econômico na URSS era definido para cada cinco anos Foto: ITAR-TASS

Plano de desenvolvimento econômico na URSS era definido para cada cinco anos Foto: ITAR-TASS

Natália Timakova, porta-voz do primeiro-ministro russo, Dmítri Medvedev, qualificou como “fantasiosas” as alegações de que o Conselho de Ministros da Rússia estaria planejando voltar aos planos quinquenais de planejamento de desenvolvimento socioeconômico da Rússia, semelhante à prática da época soviética.

“O governo não tem planos sobre a transição para planos quinquenais”, disse Timakova, negando as suposições de uma fonte de mídia e qualificando a informação como “fantasiosa”.

O governo russo, segundo Timakova, tem sido guiado por decretos emitidos pelo presidente russo, por um documento sobre as prioridades do governo russo até o ano de 2018, por programas estaduais com prazos definidos para sua implementação e, por fim, pelo orçamento federal, que foi calculado nos últimos anos com base em um plano de desenvolvimento econômico de três anos.

 

Publicado originalmente pela agência Itar-Tass

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.