Rosneft aumenta participação em Solimões

O projeto no Brasil passou para a Rosneft após a compra da TNK-BP Foto: Reuters

O projeto no Brasil passou para a Rosneft após a compra da TNK-BP Foto: Reuters

Russa adquiriou cota adicional de 6% da HRT Oil & Gas.

A Rosneft chegou a um acordo com a HRT Oil & Gas sobre a aquisição de uma quota adicional de 6% no projeto Solimões. A informação foi comunicada pela empresa russa.

A quota está sendo adquirida da HRT Oil & Gas, empresa subsidiária do Grupo HRT, pela Rosneft Brasil, subsidiária da Rosneft. Como resultado da aquisição, a Rosneft Brasil irá deter uma parcela de 51% no projeto Solimões, e também receberá poderes de operadora no projeto.

As partes também concordaram em continuar o trabalho conjunto na área da exploração da bacia. Além disso, a Rosneft irá adquirir quatro equipamentos móveis de perfuração da HRT Oil & Gas. Os acordos foram assinados no Rio de Janeiro, na presença do presidente da Rosneft, Ígor Sétchin e do diretor executivoda HRT, Milton Romeu Franke.

"As partes acertaram os termos básicos das citadas transações e pretendem assinar o acordo definitivo até o final de janeiro de 2014. A conclusão da operação de compra e venda está condicionada ao recebimento das aprovações necessárias, incluindo a aprovação da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP)”, lê-se no comunicado da companhia russa.

Ao comentar os acordos, Sétchin afirmou que a empresa está satisfeita em "aumentar a participação da Rosneft no promissor projeto Solimões e espera desenvolver uma cooperação frutífera e mutuamente benéfica com os parceiros da HRT no âmbito da implementação do projeto".

Franke também se pronunciou, dizendo que sua empresa “pretende continuar a cooperar com a líder mundial da indústria de petróleo e gás para desenvolver e monetizar os recursos substanciais do projeto".

O projeto no Brasil passou para a Rosneft após a compra da TNK-BP que, no outono de 2011, havia assinado um acordo para comprar da HRT uma parcela de 45% do projeto Solimões. Ele inclui 21 blocos de exploração geológica da bacia do Rio Solimões.

De acordo com a auditoria da Degolyer&MacNaughton, a participação de 45% do projeto trará reservas adicionais equivalentes a 789 milhões de barris de petróleo.

 

Publicado originalmente pela ITAR-TASS

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.