Após saída de fundador, rede social VKontakte tem destino incerto

A saída de vários profissionais da empresa, incluindo Durov, leva o mercado a questionar se os novos donos terão criatividade suficiente para promover o crescimento da rede social Foto: Getty Images/Fotobank

A saída de vários profissionais da empresa, incluindo Durov, leva o mercado a questionar se os novos donos terão criatividade suficiente para promover o crescimento da rede social Foto: Getty Images/Fotobank

Gazeta Russa descobriu o que pode acontecer com a rede social mais acessada na Rússia e o que devem esperar o mercado e os usuários.

No dia 24 de janeiro, Pável Durov, o fundador da VKontakte, a maior rede social da Rússia, confirmou a venda de suas ações da empresa, a Ivan Távrin, diretor executivo da Megafon, o gigante russo das telecomunicações. As partes envolvidas não revelaram o valor da transação, que segundo analistas giraria em torno de US$ 350 e 400 milhões.

Muitos especialistas acreditam que as mudanças ocorridas na estrutura acionária beneficiarão a empresa. Timur Nigmatúllin, analista da Investcafe, vê a venda das ações de Durov como uma "otimização da estrutura de propriedade".

Segundo ele, justamente o pacote de 12%, quantidade de ações vendidas por Durov, é o necessário para participar da Oferta Pública Inicial (OPI), que é a venda de capital de uma empresa na bolsa de valores pela primeira vez. Outra parte das ações poderá ser ofertada pelo United Capital Partners Fund, um fundo de investimentos dos Estados Unidos.

Segundo os especialistas, a OPI da empresa VKontakte deveria ter sido realizada há muito tempo: a velocidade de crescimento da audiência diária da rede social está diminuindo gradualmente, devido, principalmente, à redução no mercado regional. Considerando a concorrência, parece impossível resolver o problema da empresa mesmo com o crescimento rápido do acesso por meio de celulares, que ocorreu nos últimos anos. 

Mikhail Demidov, investidor e diretor da empresa T34Moscow, avalia positivamente a venda das ações de Durov e indica o fato de que o valor estimado da VKontakte, estimado em US$ 3 bilhões, não cresce há muito tempo.

Há apenas um ano, a VKontakte provou que, mesmo sem focar na monetização do público, é capaz de apresentar lucro médio por usuário comparável ao do Facebook. No entanto, especialistas apontam que a rede de Mark Zuckerberg não está em perigo. Mesmo que a oferta inicial de ações da VKontakte seja bem sucedida, a empresa ocupa uma parte pequena no mercado mundial, com uma audiência diária que recentemente atingiu apenas 60 milhões.

De acordo com a Investcafe, provavelmente  a OPI da VKontakte será realizada já em 2014 e o valor da empresa poderá atingir US$ 6,4 bilhões.

Estagnação ou revolução

Hoje a VKontakte é líder em termos de quantidade de tempo gasto por usuários da rede social, na média cerca de 40 minutos, enquanto a média mundial é equivalente a três minutos. As pessoas usam a rede social para assistir a filmes de graça e para baixar e ouvir música pirata. Muitos aplicativos para iPhone e Android têm exatamente as mesmas possibilidades. 

Se tudo isso desaparecer, o tempo que o usuário geral passa na rede social russa diminuirá significativamente. “Um dos principais problemas para a venda de ações é a grande quantidade de conteúdo ilegal dentro da rede social”, disse Denis Térekhov, gerente associado da agência de pesquisas Redes Sociais.

Mas a legalização de conteúdo não significa a exclusão total do material ilegal, disse Térekhov. Hoje em dia, a VKontakte já têm vários exemplos de acordos com proprietários de direitos autorais que permitem aos usuários assistir filmes com publicidade de maneira totalmente legal.

A saída de vários profissionais da empresa, incluindo Durov, leva o mercado a questionar se os novos donos terão criatividade suficiente para promover o crescimento da rede social. O diretor da LiveInternet, Guerman Klimenko, acredita que não se deve aguardar nenhum desenvolvimento revolucionário da VKontakte, pois o objetivo principal dos acionistas é a monetização da rede social, o que é diferente da visão de desenvolvimento de Durov.

Nikolai Durov, irmão do fundador e diretor técnico da VKontakte, chegou a anunciar que daqui a pouco os russos possivelmente terão que “parar de se mostrar e começar a usar o Facebook”.

Além disso, muitos especialistas e usuários consideram que depois da saída de Durov os novos acionistas e as autoridades legais destruirão a plataforma liberal da empresa, para torná-la mais transparente para os órgãos de segurança.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.