Faturando com a desvalorização do rublo

Tendo em vista os riscos atuais, é possível comprar ações de grandes companhias de petróleo por um longo período Foto: Reuters

Tendo em vista os riscos atuais, é possível comprar ações de grandes companhias de petróleo por um longo período Foto: Reuters

Com queda de 11% neste ano, especialistas dão dicas de setores e investimentos que mais podem gerar lucro para estrangeiros, além de produtos imperdíveis para quem for visitar a Rússia em um futuro próximo.

Caviar na bagagem

Se um estrangeiro deseja levar alguma coisa da Rússia, agora poderá fazer isso com muito menos pressão sobre o seu orçamento – sobretudo se a ideia for comprar caviar preto, a principal iguaria russa. Ainda assim, como os esturjões estão sob proteção, a quantidade de caviar preto permitida para sair do país é limitada a 250 gramas. Já para os fãs do caviar vermelho, a recomendação dos observadores de mercado é adiar a compra até o segundo trimestre do ano que vem, quando começará sua pesca ativa.

De olho na Copa

Pela avaliação de Anna Kokoreva, analista da corretora Forex Alpari, os investimentos em projetos de infraestrutura são os mais atraentes no momento. Entre os destaques estão a construção de estradas de ferro de alta velocidade (Moscou-Kazan) e de instalações para a Copa do Mundo de 2018. Além disso, a especialista afirma que, atualmente, estão sendo construídos novos parques industriais. "Para os empreendedores, a Rússia é um enorme mercado em crescimento”, enfatiza.

Bolsa cheia

Os investimentos em ações de companhias de petróleo e gás são tradicionalmente atraentes. Após a aprovação da lei sobre a liberalização de GNL (gás natural liquefeito), aumentou ainda mais a atratividade das ações da Rosneft e da Novatek como fornecedoras de gás russas alternativas à Gazprom.

“Para os investidores estratégicos, muitos papéis de primeira e segunda linha permanecem promissores. Eles são negociados com um desconto de 30 a 40% devido ao risco-país”, observa Vassíli Iakimkin, analista do FIBO Group. Nesse contexto, os investimentos em longo prazo são vantajosos, porque a situação no país irá melhorar gradualmente e os riscos diminuir.

Segundo Iakimkin, tendo em vista os riscos atuais, é possível comprar ações de grandes companhias de petróleo por um longo período – e sem receio. “Para formar um portfólio defensivo, vale a pena comprar ações das telecomunicações regionais”, diz. Em termos de investimento direto, o especialista aconselha ter em mente as principais complexidades e riscos que existem na Rússia.

Período limitado

Os especialistas recomendam que quem quiser tirar proveito do rublo fraco deve se apressar. Alguns estão certos de que esse enfraquecimento é um fenômeno temporário. Iakimkin, por exemplo, está confiante de que, na metade do ano que vem, o rublo começará a reconquistar as posições perdidas.

Kokoreva também supõe que, ao final de 2014, o valor do dólar será de 31,5 rublos e aconselha evitar os investimentos em metalurgia e energia elétrica. “Por enquanto, esse são os dois setores mais fracos da economia russa e as suas perspectivas são vagas”, destaca.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.