Partido quer proibir circulação de dólar americano

Se a lei for aprovada, residentes russos terão um ano para trocar dólares por rublos ou outras moedas Foto: wikipedia.org

Se a lei for aprovada, residentes russos terão um ano para trocar dólares por rublos ou outras moedas Foto: wikipedia.org

Deputado apresentou projeto de lei que proíbe o uso de dólar entre os cidadãos russos. Iniciativa visa supostamente proteger o país de uma potencial desvalorização do rublo.

O polêmico projeto de lei foi introduzido na Duma Estatal (câmara baixa do Parlamento russo) pelo deputado Mikhail Degtiariov, membro do Partido Liberal Democrático da Rússia (LDPR). Se aprovada, a lei iria “proibir o faturamento ou a posse de dólares americanos”, conforme publicação oficial.

Depois de a lei entrar em vigor, os residentes russos teriam um ano para converter dólares em rublos ou outras moedas. Após esse período, as autoridades nacionais – incluindo polícia, guardas de fronteiras, funcionários do serviço de imigração ou fiscais – estariam autorizadas a confiscar os dólares e trocá-los por rublos antes de devolver o montante ao indivíduo.

Em nota explicativa, o deputado justifica a necessidade do projeto de lei referindo-se à dívida dos EUA e alertando contra um iminente colapso. A ideia é que a lei funcione como o “início de um processo para a criação de um sistema monetário internacional sem o dólar, para que o rublo ganhe o status de moeda de reserva mundial”.

Embora concordem que a dependência excessiva em relação ao dólar americano possa ser potencialmente perigosa, os especialistas se mostraram céticos diante da proposta.

“Tal proibição só vai levar a um enorme mercado de câmbio negro”, disse o chefe do instituto socioeconômico da Academia de Finanças e Direito de Moscou, Aleksandr Buzgalin, citado pelo jornal “Komsomolskaia Pravda”.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.