Mulher de negócios revela segredos de seu sucesso

Foto: serviço de imprensa

Foto: serviço de imprensa

Elena Chifriná, mulher de negócios bem sucedida e fundadora da empresa de barrinhas Bite, conta sobre como uma mulher pode criar uma empresa bem sucedida.

Primeiro, vamos ver o que o dinheiro significa para você? Para mim, o dinheiro significa a liberdade e a possibilidade de dormir tranquliamente à noite e de ter um padrão de vida normal. Não preciso de dinheiro para voar em um jato particular, comprar casas e jóias. Quero que a maioria de meus gastos seja investimentos. Acho que muitas mulheres estão buscando a segurança em lugares errados. Você pode encontrá-la ao lado de um homem, mas há também outras opções como, por exemplo, a independência financeira. Comecei a me interessar em fazer poupanças aos seis anos de idade. Minha família era abastada. Não obstante, minha avó, ex-contadora-chefe de uma empresa soviética, tentava me ensinar a poupar e a fazer meu dinheiro crescer. Nem acendia a luz do banheiro em dias ensolarados, dizendo: "O dinheiro gosta da disciplina e controle".

O importante não é ganhar, é controlar seus gastos. Se você não tem controle sobre suas finanças, você nunca poderá saber o que pode esperar no futuro e o que você pode se permitir na realidade. Cada seu gasto deve ser investimento. Certa vez me peguei pensando que estava passando a maior parte de minha vida no trabalho e que todos os produtos que  guardava em casa estavam estragando. Como resultado, comecei a comprar menos.

Não somos milionários. Mesmo assim, nos permitimos o consumo irracional. Você só deve comprar coisas sem as quais não pode passar. Permita-se um prazer por mês para melhorar sua disposição. As demais compras devem controladas. Recentemente, ouvi uma frase de que gostei muito: "O gosto nos é dado para camuflarmos a falta de dinheiro". Ultimamente, não tenho comprado roupas, vestindo aquilo que comprei antes.

Fixe uma meta para os próximos cinco anos. Pense o que você quer ser e no que quer gastar seu dinheiro em cinco anos? Para receber uma boa educação ou para comprar um apartamento? Comece a fazer economias desde já. Provavelmente, você já possui recursos necessários. Você simplesmente não tem disciplina em sua aplicação.

Divida seu orçamento em três capítulos: a despesa, a receita e a poupança, e encontre o equilíbrio entre eles. Analise sua execução financeira em duas semanas, identifique suas prioridades e faça conclusões. Todo o mundo pensa que não ganha o suficiente  para fazer poupanças. Isso não é verdade: qualquer pessoa pode fazer poupanças. Até mesmo um universitário que vive de uma bolsa de estudos consegue comprar uma vez por mês um buquê de flores para sua namorada. Há sempre dinheiro para coisas realmente importantes.

Poupe mensalmente 20% ou, de preferência, 30% de sua renda. Consulte o ranking dos bancos, por exemplo, no site Banki.ru, para ver qual deles oferece condições de depósito melhores e abra nele uma conta. Por mais que queira, nunca gasta a quantia depositada em sua conta bancária. Vai precisar desse dinheiro no futuro, quando decidir concretizar um projeto ambicioso, mesmo que ainda não saiba o que isso será.

O problema de nossa sociedade reflete o problema do Estado em geral: aprendemos a ganhar mas ainda não aprendemos a fazer planos a longo prazo. Ninguém nos ensina isso, não sabemos gerir nosso dinheiro. Todos querem ser ricos de uma só vez, mas isso não acontece. Se você quiser construir algo, você precisa ganhar experiência, cometer um monte de erros e ter uma almofada de segurança.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.