Produção de petróleo na Rússia bate recorde pós-soviético

Rússia se tornou maior produtor de petróleo do mundo em 2010 Foto: RIA Nóvosti

Rússia se tornou maior produtor de petróleo do mundo em 2010 Foto: RIA Nóvosti

Índice de 10,59 milhões de barris produzidos diariamente em outubro é o maior desde 1988.

O aumento da produtividade na Gazprom Neft e Surgutneftegaz levaram a produção de petróleo da Rússia, a maior do mundo, a um novo recorde pós-soviético. De acordo com o Ministério de Energia, foram produzidos 10,59 milhões de barris por dia em outubro.

 

A produção nacional de petróleo tinha alcançado o auge de 11,41 milhões de barris por dia em 1988, quando ainda fazia parte da União Soviética. Na época, a Rússia respondia por 90% da produção soviética.

Em 1991, às vésperas da queda da URSS, a produção da Rússia caiu para 10,4 milhões de barris diários – nível 17,7% abaixo do pico de 1988.

Em 1996, quando Boris Iéltsin foi reeleito presidente, a produção de petróleo entrou em um período de estagnação, que durou três anos.

Foi somente em 2010 que a Rússia ultrapassou a Arábia Saudita, tornando-se o maior produtor de petróleo do mundo.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow Times

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.