Rússia retém 27 ton. de carne brasileira

Desde 2 de outubro produtos provenientes de 10 empresas brasileiras têm restrições temporárias às importações na Rússia devido aos resultados de uma inspeção realizada pelo Rosselkhoznadzor Foto: ITAR-TASS

Desde 2 de outubro produtos provenientes de 10 empresas brasileiras têm restrições temporárias às importações na Rússia devido aos resultados de uma inspeção realizada pelo Rosselkhoznadzor Foto: ITAR-TASS

Na última quinta-feira (30), o Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária impediu a entrada de carne brasileira proibida no país.

O Rosselkhoznadzor (Serviço Federal de Vigilância Veterinária e Fitossanitária da Rússia) impediu a entrada de uma remessa de carne bovina congelada de 27 toneladas proveniente de uma empresa brasileira que tem o fornecimento de seus produtos embargado no país. A informação foi transmitida na quinta-feira (30) pela assessoria de imprensa da agência.

"Ao realizar o controle dos documentos, os fiscais determinaram que os certificados veterinários para a importação de carne bovina foram emitidos depois da data em que o Rosselkhoznadzor impôs restrições temporárias no fornecimento dos produtos da empresa especificada nos certificados. Portanto, a entrada da carne brasileira foi proibida e foram providenciados os documentos para a devolução da mercadoria", informou a assessoria de imprensa.

Desde 2 de outubro produtos provenientes de 10 empresas brasileiras têm restrições temporárias às importações na Rússia devido aos resultados de uma inspeção realizada pelos especialistas do Rosselkhoznadzor a frigoríficos brasileiros.

 

Publicado originalmente pelaITAR-TASS

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.