Alrosa teve lucro dobrado no segundo trimestre de 2013

A Alrosa, maior diamantífera do mundo, está se preparando para a venda de ações Foto: ITAR-TASS

A Alrosa, maior diamantífera do mundo, está se preparando para a venda de ações Foto: ITAR-TASS

Redução das perdas com variação cambial contribuíram para os resultados da mineradora de diamantes.

A mineradora estatal Alrosa, que se prepara para a venda de ações dentro das próximas semanas, informou nesta segunda-feira (16) que seu lucro líquido mais do que duplicou no segundo trimestre de 2013, uma vez que as perdas com variação cambial caíram pela metade.

A flutuação de 14% a mais em suas ações aumenta o valor dos títulos em circulação em 25%, fazendo a empresa seja avaliada em até US$ 15 bilhões. A mineradora concorre com o grupo americano-inglês De Beers, o produtor de diamantes número 1 do mundo em termos de receita, enquanto a Alrosa lidera na produção em quilates.

O lucro líquido do grupo russo no segundo trimestre foi de 8,4 bilhões de rublos (US$ 257 milhões), contra 3,5 bilhões de rublos durante o mesmo período um ano atrás, e as receitas aumentaram em 9%, atingindo 42,8 bilhões de rublos.

As perdas com variação cambial caíram para 6 bilhões de rublos, declarou a empresa, e os lucros também tiveram um impulso de 495 milhões de rublos (US$ 15 milhões) com a venda de sua participação em um projeto de minério de ferro.

 

Publicado originalmente pelo The Moscow News

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.