Sonegação fiscal é prática cada vez mais comum na Rússia, aponta pesquisa

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

De acordo com uma pesquisa publicada recentemente pelo Centro Levada, o número de pessoas que aceitam esconder parte da renda a fim de evitar o pagamento de impostos aumentou de 10% para 16% ao longo dos últimos quatro anos.

A pesquisa do instituto de pesquisa Centro Levada também constatou que a quantidade daqueles que repudiam o não pagamento impostos caiu consideravelmente desde o início do século.

Em 2000, 41% das pessoas consideravam que não pagar impostos era uma atitude repreensível, mas, em 2013, apenas 30% mantiveram essa opinião.

Dmítri Kostalguin, sócio da consultoria Taxadvisor, disse à rádio Bussines FM que, antes de pagar os impostos, o contribuinte tem de saber o destino do seu dinheiro, e os termos devem ser iguais para todos.

“Se o contribuinte vê estradas de alta qualidade, goza de medicina de alta qualidade, ele entende para onde foi o dinheiro de seus impostos”, afirma Kostalguin.

Quando o assunto é calote, 60% dos russos responderam que o não pagamento de dívidas é “extremamente condenável”. Há quatro anos, um estudo semelhante registrou que 70% da população reprovava os devedores. 

Publicado originalmente pelo Newsru.com.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.