Banco Mundial vai emprestar US$ 40 mi para salvar florestas

Até 93% das ocorrências são causadas pela ação humana Foto: RIA Nóvosti

Até 93% das ocorrências são causadas pela ação humana Foto: RIA Nóvosti

Capital será injetado em projeto para melhorar a prevenção de incêndios florestais e diminuição de determinados ecossistemas na Rússia.

Rússia vai receber um empréstimo de US$ 40 milhões do Banco Mundial para prevenir incêndios florestais e promover uma gestão sustentável de florestas, conforme resolução publicada no site do governo na semana passada.

“O Ministério de Recursos Naturais fica encarregado de assinar um acordo com o Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento em nome da Rússia, o qual estipula o fornecimento de um empréstimo no valor de US$ 40 milhões com prazo de 18 anos e carência de cinco anos”, diz o documento.

O empréstimo faz parte da Projeto de Resposta ao Incêndio Florestal, estimado em US$ 121,26 milhões, que é cofinanciado pelo governo russo e tem como objetivo “melhorar a prevenção de incêndios florestais e diminuição de determinados ecossistemas florestais, incluindo áreas protegidas”.

O órgão internacional cita também dados oficiais. Ocorrem, em média, 24 mil incêndios florestais anualmente, que cobrem 1,4 milhão de hectares de floresta. Além disso, até 93% das ocorrências são causadas pela ação humana. A emissão de carbono nas regiões afetadas pelo fogo é estimada até 231 milhões de toneladas por ano.

 

Publicado originalmente pela RIA Nóvosti

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.