Governo divulga lista de países com medidas restritivas contra bens russos

Ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia registrou 72 medidas restritivas adotadas por países estrangeiros para a proteção de seu mercado interno Foto:  Flickr / jose_gonzalvo

Ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia registrou 72 medidas restritivas adotadas por países estrangeiros para a proteção de seu mercado interno Foto: Flickr / jose_gonzalvo

Mais da metade de todas as medidas ativas de antidumping foram implementadas em relação às importações de metais ferrosos russos e de produtos metálicos fabricados a partir deles.

Dados divulgados recentemente pelo Ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia apontam que 17 países adotam medidas restritivas em relação a mercadorias russas.

Entre eles estão Austrália, Azerbaijão, Bielorrússia, Brasil, Índia, Indonésia, Japão, Coreia do Sul, México, Moldávia, Estados Unidos, Tailândia, Turcomenistão,  Turquia, Uzbequistão, Ucrânia e a União Europeia, como um território aduaneiro único.

A partir de dados de 1º de abril, o Departamento de Coordenação, Desenvolvimento e Gestão da Atividade Econômica Externa do Ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia registrou 72 medidas restritivas adotadas por países estrangeiros para a proteção de seu mercado interno. Entre elas estão  40 medidas antidumping, três medidas de proteção especial e 29 medidas não tarifárias para a regulação do comércio, incluindo medidas de controle administrativo.

Mais da metade de todas as medidas ativas de antidumping foram implementadas em relação às importações de metais ferrosos russos e de produtos metálicos fabricados a partir deles. O segundo lugar é ocupado por fertilizantes minerais.

 

Publicado originalmente pelo Pasmi.ru

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.