Su-35S: a resposta russa ao F-22 dos EUA

Na prática o Su-35 é quase uma cópia do futuro caça de quinta geração russo conhecido como T-50 ou PAK FA

Na prática o Su-35 é quase uma cópia do futuro caça de quinta geração russo conhecido como T-50 ou PAK FA

Reuters
Novo caça pode detectar alvos a até 400km de distância.

O exército russo receberá, até o final de 2017, o mais moderno caça o mais recente caça supermanobrável de geração 4++ Su-35S, já testado em combate na Síria.

Esse avião é considerado uma resposta da Rússia aos caças F-22 Raptor, dos Estados Unidos, e é o último nível da evolução dos aviões militares Su-27 antes da chegada das aeronaves da quinta geração.

Modelo transitório

Na prática o Su-35 é quase uma cópia do futuro caça de quinta geração russo conhecido como T-50 ou PAK FA, que só deve entrar em operação no final da década.

"O Su-35S e o T-50 têm um cockpit digital sem dispositivos analógicos", diz o professor da Academia das Ciências Militares, Vadim Koziulin.

O Su-35S é capaz de transportar até oito toneladas métricas de mísseis ar-ar e ar-superfície. Foto: ReutersO Su-35S é capaz de transportar até oito toneladas métricas de mísseis ar-ar e ar-superfície. Foto: Reuters

O acionamento hidráulico do motor foi substituído por sistemas de acionamento elétrico, o que, segundo engenheiros, permitirá não apenas economizar espaço e diminuir o peso do avião, mas também controlar a aeronave remotamente.

A vida útil do Su-35S é de aproximadamente 30 anos. A aeronave vai reforçar o Exército enquanto a Força Aérea não incorporar o caça de quinta geração T-50 à sua frota.

"Na prática, isso significa que o papel do piloto é reduzido. O computador determina a velocidade, a rota e o momento para iniciar ataques contra o inimigo. Além disso, o avião é capaz de voar de forma autônoma a baixa altitude. Os sistemas eletrônicos monitoram o uso de armamento pelo piloto”, diz Koziulin.

O Su-35S é equipado com o moderno sistema de radares Irbis que pode detectar alvos aéreos a uma distância de até 400 km, rastrear até 30 alvos de uma só vez, atacar oito alvos ao mesmo tempo e detectar e rastrear até quatro alvos terrestres simultaneamente. Já o alcance do radar instalado no F-22 é de 300 km.

“Em geral, o Irbis é quase semelhante ao radar dos caças americanos F-22. O radar russo pode detectar um porta-aviões a uma distancia de até 400 km, uma ponte ferroviária a 150-200 km, um barco a 100-120 km e sistemas de mísseis táticos ou grupos de tanques e blindados a 60-70 km", diz Koziúlin.

Fonte: Rossiyskaia GazetaFonte: Rossiyskaia Gazeta

O avião também traz um sistema de localização autônomo que permite localizar a aeronave e determinar seus parâmetros de voo na ausência de sistemas de localização por satélite (como Glonass e GPS) e comunicação com os serviços terrestres.

O Su-35S é capaz de transportar até oito toneladas métricas de mísseis ar-ar e ar-superfície, além de efetuar disparos a uma distância fora da zona de cobertura dos sistemas de defesa aérea de potenciais adversários.

O que falta para criar o avião da quinta geração

Segundo o vice-ministro da Defesa russo, Iúlia Borísova, o T-50 receberá o novo motor que é o principal requisito para um avião da quinta geração.

Esse motor permitirá alcançar velocidade supersônica sem o uso da pós-combustão.

O Su-35S pode alcançar velocidade supersônica apenas graças à pós-combustão, por um período limitado.

Armamento do Su-35

Mísseis ar-ar:

  • 8 mísseis R-27ER1
  • 4 mísseis R-27ET1
  • 4 mísseis R-27EP1
  • Até 12 mísseis RVV-AE
  • 6 mísseis de curto alcance R-73E

Mísseis ar-terra:
  • 6 mísseis táticos X-29TE ou X-29L
  • 6 mísseis anti-navio X-31A e X-31P
  • 5 novos mísseis antinavio de longo alcance x-59MK
  • 5 mísseis antirradar X-58UShE
  • 3 mísseis de longo alcance Kalibr-A
  • 1 míssil antinavio pesado de longo alcance Iákhont

Bombas guiadas:
  • Até 8 bombas guiadas KAB-500KR com sistema de orientação por vídeo ou até 8 bombas KAB-500S-E com sistema de orientação por satélite
  • 3 bombas KAB-1500KR ou KAB-1500L com sistema de orientação por laser ou video.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.