Tchetchênia terá base de treinamento contra atentados terroristas

Exercícios estratégicos vão simular possíveis cenários de ações terroristas

Exercícios estratégicos vão simular possíveis cenários de ações terroristas

Donat Sorokin/TASS
Centro Internacional de Formação de Forças Especiais atenderá tanto órgãos nacionais como estrangeiros. China, Canadá e Cazaquistão estão entre interessados na iniciativa.

Um centro privado de treinamento para unidades das Forças Especiais russas será inaugurado na cidade de Gudermes, na República da Tchetchênia, em 2018, segundo informou à Gazeta Russa a diretora de comunicações da futura base, Iúlia Plavinskaia.

O complexo, com uma área de 400 hectares, funcionará como uma cidade tática, permitindo a realização de treinamentos em todos os possíveis cenários de ações terroristas, como libertação de reféns em escolas, ônibus, avião, metrô e outros lugares públicos.

Os futuros integrantes das unidades de elite também serão treinados a combater os guerrilheiros em áreas de floresta e em terrenos montanhosos situados nas imediações da base.

A ideia é que, por meio de contratos, os serviços do centro possam ser utilizados por representantes de todos os órgãos nacionais de segurança do país, bem como por uma série de agências estrangeiras.

Representantes da China, do Canadá e da Cazaquistão já teriam, inclusive, manifestado desejo de enviar seus combatentes para as futuras instalações em Gudermes, informou o presidente da Tchetchênia, Ramzan Kadirov, à agência de notícias Ria Nôvosti.

Embora a construção do centro dependa de recursos privados, não foi revelado quais empresas estão envolvidas no financiamento no projeto.

Homens-pássaros

Ainda segundo a agência de notícias Ria Nôvosti, o programa de treinamento das unidades aerotransportadas será ampliado no centro por meio de desembarques com a utilização de wingsuit, ou traje planador (um macacão com asas usado por paraquedistas para voos de alta performance).

Isso permitirá ao combatente reduzir a velocidade da queda até 70 km/h.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail?
Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.