Loja da Kalashnikov em aeroporto moscovita gera polêmica

Antes de levar suvenir, estrangeiro deve verificar legislação em seu país

Antes de levar suvenir, estrangeiro deve verificar legislação em seu país

Vitáli Mikhailiuk
Armas vendidas em estabelecimento só operam com munição de festim.

Em meados de agosto, a empresa que desenvolveu o fuzil Kalashnikov inaugurou sua primeira loja no aeroporto moscovita Sheremetievo.

A loja oferece quatro modelos de fuzis automáticos: AK-74, AK-74M, AK-103 e PP-19. O último é usado na atualidade pela polícia russa. 

Apesar de os modelos serem modificados para não aceitar munição bélica, mas somente de festim, sua aparência é exatamente a mesma dos originais, já que são fabricados sob os mesmos moldes. Eles também são desmontados da mesma maneira.

A loja também disponibiliza armas que foram excluídas do arsenal e desativadas, adaptadas para receber apenas munição de festim. 

Os cartuchos, mesmo de festim, não são vendidos no local, já que sua comercialização é proibida em aeroportos internacionais.

Suvenir diferentão

Não é possível levar a Kalashnikov a bordo do avião na bagagem de mão, mas ela pode ser despachado com a bagagem. 

Todo armamento é vendido em caixas especiais, com marcação e a respectiva documentação. 

Assim, os funcionários do aeroporto não devem incomodar os compradores da nova loja.

The new Kalashnikov Concern store at Moscow&#39;s Sheremetyevo Airport\nVitáli Mikhailiuk<p>The new Kalashnikov Concern store at Moscow&#39;s Sheremetyevo Airport</p>\n
The new Kalashnikov Concern store at Moscow&#39;s Sheremetyevo Airport\nVitáli Mikhailiuk<p>The new Kalashnikov Concern store at Moscow&#39;s Sheremetyevo Airport</p>\n
The new Kalashnikov Concern store at Moscow&#39;s Sheremetyevo Airport\nVitáli Mikhailiuk<p>The new Kalashnikov Concern store at Moscow&#39;s Sheremetyevo Airport</p>\n
 
1/3
 

O estrangeiro que queira levar o suvenir para casa deve, porém, verificar a legislação vigente em seu país, tanto em relação ao transporte, quanto ao porte desse tipo de produto.

Em média, os preços das armas automáticas na loja estão entre 20 e 30 mil rublos (entre US$ 300 e US$ 470). 

A opção mais em conta é o modelo do AK-74 na cor preta, que custa 12.300 rublos (US$ 190). 

O artigo mais caro é um exemplar cromado do mesmo modelo, com cabo e coronha em madeira, que custa 34.500 rublos (US$ 530).

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.