Rússia é 2ª potência militar do mundo, após EUA, diz estudo

Rússia e EUA também lideram fornecimento de armas a países emergentes

Rússia e EUA também lideram fornecimento de armas a países emergentes

Evguêni Kurskov/TASS
China completa topo de ranking anual divulgado pelo Global Firepower. Países já figuravam em estudos anteriores como as maiores potências militares do planeta.

A Rússia possui o segundo Exército mais poderoso do mundo, segundo o ranking anual do site Global Firepower, que analisa e compara a capacidade militar de diferentes países.

Os Estados Unidos encabeçam a lista, enquanto a China ocupa a terceira posição do índice, que inclui apenas armas convencionais e não nucleares.

Embora a Rússia superem os EUA em número de tanques (15 mil e 8.000, respectivamente, as forças aéreas norte-americanas apresentam grande vantagem em relação às russas: 13.444 dispositivos contra 3.547.

Outro estudo divulgado recentemente pelos analistas financeiros da Credit Suisse já havia colocado as três potenciais entre os maiores exércitos do mundo. Assim como no ranking do Global Firepower, só foram contabilizadas as armas convencionais.

No final de 2015, o Congresso dos Estados Unidos também divulgou um relatório sobre o desenvolvimento do mercado de armas convencionais entre 2007 e 2014.

O documento afirma que Rússia e EUA dominaram o mercado de armas nos países em desenvolvimento durante o período, revezando a primeira e a segunda posições.

Ainda segundo o relatório norte-americano, em sete anos, os EUA assinaram acordos de fornecimento de armas para países em desenvolvimento no montante de US$ 115 bilhões (46,3% de todas as armas fornecidas para esses países), enquanto a Rússia acumulou 41,7 bilhões em contratos com emergentes (16,8%).

 

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? Clique aqui para assinar nossa newsletter.

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.