Cinco lições de sobrevivência na selva

Lições de como obter água, fogo e comida são fundamentais

Lições de como obter água, fogo e comida são fundamentais

Ria Nôvosti/Vladímir Viatkin
Os batedores operam na retaguarda das linhas inimigas e, em caso de situação crítica, devem aplicar técnicas e estratégias de sobrevivência que os ajudarão a regressar vivos das missões. Confira as artimanhas que também podem te salvar de apuros.

Água

Caso não haja nenhuma nascente ou riacho nas proximidades, é possível obter água enfiando a ponta de uma planta dentro de um saco de plástico – na sequencia, deve-se amarrar o saco na base do caule. Segundo os militares, esse método permite captar 50 ml de água em uma hora.

Fogo

O mesmo saco de plástico usado na captação de água pode ser transformado em lente convergente e, assim, produzir fogo a partir da luz solar.

Comida

As técnicas modernas do Exército russo para sobrevivência na selva recomendam o uso de diferentes tipos de armadilhas com a ajuda apenas de uma faca e dos cadarços das botas. Com essas ferramentas, os militares garantem ser possível pegar até mesmo um animal tão cauteloso como o javali. Mas, para tanto, deve-se antes conhecer a trilha utilizada por esses animais.

Abrigo

Uma pessoa sozinha na selva e sem ajuda terá dificuldade em construir um abrigo com estacas de madeira e grandes galhos de árvores – mas ela pode aproveitar a copa densa que tenha sido tombada pelo vento. Para aumentar a proteção do vento e da chuva, basta cobri-la com pedaços de casca de árvore. Outra opção é aproveitar árvores arrancadas pela raiz.

Previsão do tempo

Para planejar antecipadamente as suas ações, é importante prever as condições climáticas. Alguns parâmetros são usados para auxiliar os militares no meio da selva:
- Bom tempo: noite com céu limpo, estrelado, com Lua brilhante, aurora dourada ou rosa pálido - Mau tempo: vento forte, flores fechadas, ausência de insetos, e vermes rastejantes sobem para a superfície da terra.

 

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados por Rossiyskaya Gazeta.