Baseado em peça de Górki, filme “Vassa” é atração gratuita da semana no YouTube

Gleb Panfilov/Mosfilm,1983
Desumanização nas relações capitalistas norteia o drama de 1983.

O projeto “Cinema Soviético e Russo em Casa” vai disponibilizar neste fim de semana o longa “Vassa” (1983), do diretor Gleb Panfilov. O longa recebeu o prêmio de melhor direção no Festival Internacional de Cinema de Moscou no ano de lançamento.

A história gira em torno de Vassa, cuja família possui uma frota de embarcações de transporte fluvial. No entanto, vários familiares se envolvem em problemas capazes de comprometer sua reputação e, consequentemente, os negócios. 

O marido é acusado de abuso infantil, seu irmão engravida a empregada, uma filha é "errada da cabeça", a outra está rapidamente se tornando alcoólatra. 

Empenhada até a última gota em evitar a ruína dos familiares, a matriarca não hesita em recorrer ao suborno, chantagem, falsificação e assassinato. Entretanto, a muralha que ergue para defendê-los do mundo não consegue defendê-los de si mesma.

O filme é baseado na peça “Vassa Jeleznova”, que Maksim Górki escreveu em 1910 e reescreveu em 1936, com o objetivo de tornar mais explícito o potencial de desumanização contido nas relações capitalistas de produção. 

“Vassa” ficará disponível no canal do CPC-UMES no YouTube das 19h00 de sexta-feira (1º) até as 19h00 de domingo (3).

O projeto “Cinema Soviético e Russo em Casa” está em seu terceiro ano, com a exibição gratuita de um filme russo por semana. A realização é do Centro Popular de Cultura da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo (CPC-UMES), que distribui e comercializa no Brasil os filmes do Estúdio Mosfilm. Ao longo do primeiro semestre de 2022, estão sendo exibidos longas dos mais variados gêneros a partir de matrizes restauradas, incluindo clássicos de Bondartchuk e Tarkóvski. 

LEIA TAMBÉM: Quão autenticamente russa é a 4ª temporada de ‘Stranger Things’?

Caros leitores e leitoras,

Nosso site e nossas contas nas redes sociais estão sob ameaça de restrição ou banimento, devido às atuais circunstâncias. Portanto, para acompanhar o nosso conteúdo mais recente, basta fazer o seguinte:
Inscreva-se em nosso canal no Telegram t.me/russiabeyond_br

Assine a nossa newsletter semanal

Ative as notificações push, quando solicitado(a), em nosso site

Instale um provedor de VPN em seu computador e/ou smartphone para ter acesso ao nosso site, caso esteja bloqueado em seu país.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies