7 curiosidades sobre a diva russa Alla Pugacheva

Global Look Press, TASS
A carreira artística desta superstar já dura mais de meio século – e ela ainda consegue encher estádios! Você sabia que ela jogou pedras em oficiais soviéticos em um show beneficente em Tchernóbil? Ou que ela ia mal na escola? Então descubra mais!

Na Rússia e em toda a ex-União Soviética, todo mundo conhece o nome Alla Pugacheva . Mesmo quem não gosta de música pop se sente tocado por suas canções emotivas. Mas quem é ela exatamente?

1. Ia mal na escola

Não se deixe enganar pela carinha de nerd na foto!

Alla Pugacheva nasceu em Moscou, em 1949. Ela começou a tocar piano aos cinco anos de idade, e logo ficou claro que ela tinha um tom perfeito. Ao mesmo tempo, outras temáticas não despertavam seu interesse na escola.

Ela ia mal em muitas matérias e dedicava toda a atenção à música - o que a levou a sair da escola e correr para uma faculdade de música. Apenas um ano depois, ela fez sua primeira turnê pela URSS com outros estudantes.

Foi então que ela chamou a atenção de compositores, que começaram a convidá-la para gravar músicas – e elas logo foram parar no rádio e a transformaram em uma estrela!

2. Foi a primeira artista a se apresentar em Tchernóbil

Após o desastre na usina nuclear de Tchernóbil, em 1986, Pugacheva se tornou a primeira artista a visitar o local e a se apresentar para as pessoas que estavam envolvidas nos esforços para a limpeza do local.

Enquanto ela cantava, entoou as palavras “Por que eles explodiram a fábrica?” e jogou uma pedra nos funcionários do Partido Comunista ali presentes. Foi esse tipo de comportamento e outros desafios frequentes que fizeram com que as autoridades soviéticas suspeitassem dela e a criticassem.

Mas Pugacheva, mesmo assim, recebeu inúmeros prêmios estatais por sua contribuição para as artes e cultura, assim como o título de Distinção Artística e de Artista do Povo da Rússia.

3. Foi a cantora soviética mais famosa no exterior

De volta aos tempos soviéticos, Pugacheva viajou por todo o mundo e até lançou álbuns no exterior, vendendo mais de 250 milhões de discos no total. Um deles, o “Watch Out!”, foi lançado em inglês e gravado com backing vocals que tinham tocado com o ABBA. O álbum foi lançado em Estocolmo, em 1985.

4. Só um de seus filmes foi aclamado pela crítica

Pugacheva também tentou a mão no cinema. Ela estrelou em diversos filmes, incluindo cinebiografias, mas nenhum deles teve sucesso. Só um drama musical, “A mulher que canta” recebeu críticas positivas.

Com o título, Pugacheva recebeu um prêmio de prestígio e outro, em dinheiro, que doou para um centro internacional de saúde infantil.

Além da música pop e do cinema, a cantora também se envolveu em empreendimentos comerciais (lançou perfumes e sapatos), lançou uma estação de rádio que tocava suas músicas a cada uma hora e fundou uma escola de artes e oficinas de teatro para adolescentes.

5. Continua se aposentando toda hora, mas sempre volta

Como qualquer diva pop, Pugacheva dá regularmente concertos de despedida – ela vem fazendo isso, na verdade, desde meados dos anos 1990. Mas todas as vezes seus fãs acreditam que ela vai voltar. E ela volta mesmo.

Ela já passou por várias turnês de despedida. Ao mesmo tempo, Pugacheva continua a ter uma vida social agitada e aparece o tempo todo na TV como convidada ou como apresentadora. Para marcar seu 70º aniversário, em abril de 2019, ela deu um grande show no Palácio do Kremlin. Os ingressos se esgotaram em uma semana.

6. Lutou contra o vício pelo cigarro por 50 anos

Pugacheva experimentou seu primeiro cigarro enquanto ainda estava na escola e continuou a fumar após a fama. Ela conseguiu parar apenas há poucos anos, apesar de ter admitido que foi muito difícil após 50 anos de tabagismo.

Pugacheva também conseguiu perder muito peso graças adotando hábitos alimentares saudáveis ​​e celebrou seu 70º aniversário na melhor forma possível. Ela deixou de exagerar no sal e no pão e faz jejum regularmente.

7. Está no quinto marido

Alla Pugacheva  se casou pela primeira vez aos 20 anos, com um artista de circo, Mikhaíl Orbakas, com quem teve a primeira filha, Kristina - que também virou uma cantora popular.

Aos 28 anos de idade, Alla se casou com o segundo marido e, três anos depois, com o terceiro. Em 1994, ela chocou os fãs ao se casar com uma estrela em ascensão, Phillip Kirkôrov, que era 18 anos mais jovem que ela. Aliás, esse casamento foi justamente o que mais durou - 11 anos -, e eles permaneceram amigos mesmo depois do divórcio.

Em 2011, Pugacheva tornou-se uma feliz noiva pela quinta vez. O noivo era um jovem comediante e apresentador de TV 27 anos mais novo que ela, Maksim Gálkin. Alguns anos depois, eles tiveram os gêmeos Elizaveta e Harry, gerados com a ajuda de uma mãe de aluguel.

LEIA TAMBÉM: Monetotchka, a estrela pop que é a cara da Rússia contemporânea

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies