Quando o protagonista é um tanque: 5 filmes pelos quais o T-34 poderia ter ganhado o Oscar

Tanque lendário foi exibido em dezenas de longas, seja como estrela principal ou secundária. Eis aqui algumas das melhores aparições nas telonas.

T-34 (Aleksêi Sídorov, Rússia, 2018)

O filme de guerra T-34 é a segunda maior bilheteria na história do cinema russo, tendo arrecadado até agora 2,2 bilhões de rublos (mais de 3 milhões de dólares).

Tanques (Kim Drujninin, Rússia, 2018)

O engenheiro Mikhail Koshkin tenta se encontrar a todo custo com Iossef Stálin para convencê-lo da superioridade do T-34, cujo protótipo ele projetou. Koshkin e sua equipe viajam mais de 2.000 quilômetros no tanque, poucos meses antes da invasão da União Soviética pela Alemanha nazista.

Tigre Branco (Karen Chakhnazárov, Rússia, 2012)

VEJA TAMBÉM: 3 grandes (e desconhecidos) feitos do T-34 e sua tripulação 

Ao ser interrogado, um condutor de tanque que sobreviveu a um ataque e está gravemente ferido se lembra de como sua unidade foi destruída por um tanque alemão pintado em camuflagem de inverno, ao qual chamam de Tigre Branco. Começa então o jogo de gato e rato. O longa, recheado de T-34 preciosos, é baseado no romance “O Tanquista”, do escritor russo Iliá Boiachov.

Stalingrado - Batalha Final (Joseph Vilsmaier, Alemanha, 1993)

O filme segue a história da Batalha de Stalingrado, entre agosto de 1942 e fevereiro de 1943, na frente oriental da Segunda Guerra Mundial. O confronto culminou com a primeira grande derrota da Alemanha Nazista frente à URSS. Em uma cena marcante, a mais famosa do filme, os soldados alemães enfrentam um esquadrão de T-34s. 

Brigada de Tanques (Ivo Toman, Tchecoslováquia, 1955)

Este longa mostra a luta da brigada de tanques da Tchecoslováquia, junto com o Exército Vermelho, na Segunda Guerra Mundial. Nas grandiosas cenas de batalha, foram usados como figurantes 3.000 membros do Exército da Tchecoslováquia – além, é claro, de um bom número de T-34s.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies