4 lugares onde assistir a músicos de rua incríveis em Moscou

Konstantin Salomatin
De covers dos seus hits favoritos a baladas de rock autorais penetrantes, as ruas russas são verdadeiros palcos para estes artistas!

Todo verão, as ruas russas se transformam em casas de shows: podem-se encontrar ali músicos profissionais que buscam mostrar seu trabalho a um amplo público. As apresentações simplesmente arrebatam a alma dos funcionários de escritórios nos entornos.

1. Improvisação de rock na rua Arbat

O “palco” mais cobiçado pelos músicos é a rua Arbat, a principal rua de pedestres do país. Artistas tocam ali desde os anos 1980 – antes disto, a polícia os expulsava do local.

Hoje, porém, os grupos musicais precisam apenas se registrar no projeto municipal “Músico de rua” (em russo, “Ulítchni muzikant”) e escolher seus espaços.

Ali acontecem principalmente performances: todos os dias, de manhã até a noite podem-se ouvir os mais inusitados músicos, como, por exemplo, o ImprovizzzProject.

No brilhante trio, Maksim Issaev toca no saxofone, Mark Farstov no contrabaixo e Ivan Sereda no cajón, instrumento de percussão peruano. “Ele surgiu como alternativa à caixa da bateria. É mais cômodo levar o cajón por aí”, diz Ivan.

O ImprovizzzProject faz covers de canções conhecidas russas e internacionais, e seus shows fazem até os transeuntes mais tristes se alegrarem e dançarem. O canal destes músicos no YouTube pode ser conferido aqui.

Ainda na Arbat é possível escutar o grupo Sunday Rock. “Somos herdeiros do rock dos anos 1960, The Beatles, o início dos Rolling Stones e bandas soviéticas”, diz o líder Aleksêi Vorônin.

O grupo tem quatro músicos, mas é frequente vê-los tocar com a banda incompleta na rua. Eles se conhecem de longa data por meio de amigos em comum e tocam músicas autorais. Além disso, Aleksêi escreveu, ainda no final dos anos 1990, um livro sobre os músicos da Arbat.

“Por que tocamos na rua? Queremos levar a arte às massas!”, diz outro integrante do grupo, Serguêi Liaptsev.

A banda também se apresenta em casas noturnas de rock da capital e em festivais a céu aberto. “Além disso, nos apresentamos em ações de caridade, em unidades de cuidados paliativos, hospitais etc.”, conta Aleksêi.

A conta dos músicos no YouTube pode ser acessada por aqui.

2. Marcha fúnebre de New Orleans na Kuznétski Most

A orquestra Vtoráia línia (em português, “Segunda Linha”) ressuscita a tradição das marchas fúnebres de New Orleans – mas nem sonhe em morrer de tédio, é mais fácil morrer de cansaço de tanto se divertir aqui! Composta por sete pessoas, a orquestra produz um jazz tão maluco que dificilmente você conseguirá se sentir alheio a ele.

“Todo o jazz saiu da música de rua, fúnebre ou de paradas. Nós simplesmente nos inspiramos nesta tradição e resolvemos trazer um pouco de Nova Orleans para as ruas de Moscou”, conta o líder da orquestra, Mikhaíl Griboedov.

A Vtoráia Línia toca versões modificadas de hits e composições próprias. Cada apresentação é uma parada solene da qual participam até mesmo os espectadores.

Todos os membros da banda são músicos profissionais, exceto por Mikhaíl, que é tradutor de inglês. Eles admitem que não dá para ganhar dinheiro com as apresentações de rua, porém: em duas horas, eles conseguem fazer 500 rublos (R$ 30) por pessoa.

Apesar disto, eles já têm milhares de seguidores nas redes sociais, que esperam ansiosamente suas apresentações. Seu canal do YouTube pode ser conferido aqui.

3. Funk de cordas na rua Piatnitskaia

O dueto Stop Thinking, composto por alto acústico e contrabaixo elétrico, apresenta-se na Ulitsa Piatnitskaia quase todos os dias. Pável e Dmítri tocam principalmente Daft Punk, hits de Michael Jackson e músicas de rock – todos os covers ganham um som inacreditável com esta dupla!

Os transeuntes reagem de maneira positiva aos músicos: “ontem até as garçonetes do restaurante ao lado estavam nos dando comida”, conta Pável.

A música é sua principal atividade, e agora o Stop Thinking começou a gravar um clipe e planeja apresentações completamente autorais para quando ganharem mais fama, tocando principalmente rock.

O canal do YouTube da dupla pode ser conferido aqui.

4. Música romântica na rua Miasnitskaia

De dia, Vera “Nika” Serguienko leciona “Organização de Tráfego Ferroviário” na Universidade dos Transportes, e Aleksêi Borísov trabalha como programados. Mas à noite eles saem para cantar nas ruas de Moscou.
eles se conheceram há dois anos em uma audição para um grupo de rock e agora tocam juntos covers em inglês.

“Se você se dedicar de maneira séria à música, é preciso largar todo o resto, estar limitado por um contrato etc. Fazemos apenas um projeto de covers, e não queremos perder isto”, conta Vera.

“Não, não temos o objetivo de fazer dinheiro nas apresentações. Nas ruas, gastamos mais do que ganhamos”, completa.

O YouTube dos músicos pode ser encontrado aqui.

Quer receber as principais notícias sobre a Rússia em seu e-mail? 
Clique 
aqui para assinar nossa newsletter.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies