Imagens impressionantes do drone de ataque russo Okhotnik (VÍDEO)

O Okhotnik (caçador, em russo) é construído com tecnologia stealth (furtiva) e está sendo testado para cooperar com o caça de quinta geração Su-57. A expectativa é que o drone pesado descubra alvos e ataque sob comando do piloto.

A previsão é que até 2022 os trabalhos sejam concluídos e um grande contrato de longo prazo para aquisição dos drones possa ser assinado, como é costume nas Forças Armadas.

Com tecnologia de invisibilidade, o Okhotnik foi projetado de acordo com o esquema aerodinâmico de “asa voadora”. Seu peso de decolagem é de cerca de 20 toneladas, e o drone está equipado com um motor a jato.

Além disso, o dispositivo é altamente autônomo uma vez que possui IA. Cabe lembrar ainda que parte de sua tecnologia e munição foram retiradas do caça Su-57 de quinta geração.

“O arsenal do Okhotnik inclui mísseis ar-superfície e uma série de bombas (controladas pelo operador e de planagem) que não serão colocadas sob as asas, mas ficarão escondidas dentro da fuselagem para reduzir a visibilidade no radar inimigo”, explicou o professor Vadim Koziúlin, da Academia Russa de Ciências Militares, ao Russia Beyond. O Okhotnik voou pela primeira vez em 3 de agosto de 2019. 

VEJA TAMBÉM: 3 aviões usados como postos de comando voadores na Rússia

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies