Após queda de Cabul, estes são os helicópteros russos que podem ter caído nas mãos do Taleban

Domínio público
Exército afegão dispunha de material soviético e russo em sua força aérea. 

Após a tomada de poder pelo Taleban, é provável que os helicópteros russos que pertenciam ao Exército local acabem nas mãos do grupo fundamentalista islâmico:

Mi-8/17

De acordo com o relatório World Air Forces de 2021, a República Islâmica do Afeganistão possui 39 unidades deste helicóptero. 

Durante a permanência de suas tropas, o Pentágono pensou em substituí-los pelos norte-americanos Black Hawk. Mas, por serem superiores em capacidade de carga e em voo em grandes altitudes, os equipamentos russos continuaram na ativa.

Mi-25

O Afeganistão recebeu cerca de 115 helicópteros Mi-25 a partir de 1979, mas quase todos foram destruídos nos vários conflitos da prolongada Guerra Civil Afegã, assim como ocorreu com as aeronaves militares no país. 

Atualmente, o país asiático, de acordo com o World Air Forces 2021, conta com 8 unidades deste helicóptero, cuja maioria foi doada pela República Tcheca. Caso os Mi-25 sejam capturados, o Taleban terá que enfrentar a tarefa de manter esses helicópteros operacionais ou, em pouco tempo, os equipamentos servirão apenas como elementos decorativos.

LEIA TAMBÉM: Por que a URSS interveio no Afeganistão?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies