Rússia começa a desenvolver novo “avião do juízo final”

Michaela Riakhova/CTK / Global Look Press
Aeronave de comando e controle foi criada para salvar vidas no caso de uma guerra nuclear e será baseada no Il-96-400M.

“As Forças Aéreas da Rússia receberão dois novos aviões usados como postos de comando voadores. Eles serão baseados no Il-96-400M. Um deles já está sendo produzido”, afirmou recentemente à agência de notícias Ria Nóvosti uma fonte no complexo militar-industrial russo.

O avião receberá o nome "Zveno-3S" e será usado tanto como posto de comando para oficiais russos, como para o presidente da Rússia no caso de uma guerra nuclear. Seu papel é semelhante ao do Boeing E-4B norte-americano.

Segundo a fonte, o objetivo é substituir o Il-80 existente, construído com base no grande avião de passageiros Il-86.

O alcance do novo Il-96-400M será o dobro do Il-80. O "Zveno-3S" poderá ser reabastecido no ar e será acompanhado por caças durante todos os voos. Os novos sistemas de comunicação permitirão manter contato com militares, incluindo aviação estratégica, lançadores de mísseis móveis e de silos, submarinos, todos portadores de armas nucleares estratégicas a uma distância de até 6.000 km.

LEIA TAMBÉM: Por que só a Rússia manteve armas nucleares após a queda da União Soviética?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies