10 coisas que você não sabia sobre a famosa estação espacial Mir

NASA
Há duas décadas, em 23 de março de 2001, a lendária estação espacial russa foi afundada no Oceano Pacífico - após 15 anos de glórias e problemas no espaço.

  1. Tornou a ISS possível
Planta da estação Mir

Quando a URSS lançou a estação espacial Mir em órbita em 1986, ela se tornou a primeira estação modular tripulada. Por algum tempo, a Mir foi a única plataforma a testar e preparar seus hóspedes para longos períodos de trabalho no espaço. Desde então, acomodou astronautas de vários países, e as lições aprendidas ajudaram a aprimorar a Estação Espacial Internacional, entre outras coisas.

  1. Ajudou a estabelecer três recordes mundiais
Comandante da missão Mir-19 Anatoli I. Soloviev

A estação foi usada especificamente para hospedar missões espaciais prolongadas. Não surpreendentemente, dois recordes mundiais relativos ao período mais longo de permanência no espaço, entre homens e mulheres, foram alcançados na estação Mir pelo cosmonauta russo Valeri Poliakov e pelo astronauta norte-americano Shannon Lucid, respectivamente.

Além disso, o cosmonauta russo Anatoli Soloviev detém o recorde mundial de número de caminhadas no espaço - 16 no total, e de tempo acumulado de caminhadas no espaço - 82 horas - todas realizadas a bordo da estação espacial Mir.

  1. Tornou-se símbolo da amizade internacional
Tripulação espacial soviético-britânica: Helen Sharman, Serguei Krikalev e Anatoli Artsebarski

A primeira tripulação estrangeira embarcou na estação russa Mir em 1995. A partir de então, astronautas dos EUA, Canadá, Reino Unido, Áustria, Alemanha, França, Japão, Eslováquia, Bulgária, Síria e Afeganistão visitaram a estação espacial, transformando-a em um símbolo de solidariedade em nome da ciência.

No primeiro semestre de 1990, a estação também recebeu a bandeira da paz, símbolo do Pacto Roerich, dedicada à proteção de instituições artísticas e científicas e monumentos históricos.

  1. Executou um programa conjunto com os ônibus espaciais americanos
Imagem do ônibus espacial Atlantis ainda conectado à Estação Espacial Mir foi feita pela tripulação do MIR-19 em 4 de julho de 1995

O Mir-Shuttle, que começou em 1993, foi um programa de colaboração entre as agências espaciais dos EUA e da Rússia. Ao longo de quatro anos, os cosmonautas russos usaram ônibus espaciais de fabricação americana para chegar à estação Mir, e os astronautas americanos usaram a espaçonave Soyuz para participar de missões de longa duração a bordo da Mir. O programa foi concluído em 1998.

  1. Sobreviveu a um acidente grave
Colisão danificou os painéis solares

O acidente mais sério aconteceu em 25 de junho de 1997, quando um erro do novo sistema de controle e acoplagem causou a colisão entre o foguete de transporte Progress M-34 e o módulo Spektr atracado à estação Mir.

A colisão danificou os painéis solares e causou perda de energia na estação. Como era impossível consertar o módulo danificado, os cosmonautas apenas o lacraram. O módulo permaneceu assim até que a Mir foi afundada no Oceano Pacífico em 2001.

  1. Inspirou cineastas e desenvolvedores de jogos de computador
Cena do filme Armageddon

A estação Mir foi representada diversas vezes na cultura popular. Apareceu em filmes como ‘Armageddon’, 'Vírus' e ‘Deu a Louca nos Nazis’, assim como nos jogos de computador ‘Red Alert 3’ e ‘Fallout Tactics: Brotherhood of Steel’.

  1. Mir permaneceu no espaço por 15 anos
Interior da estação, 1986

No total, a primeira estação modular tripulada durou 5.511 dias na órbita da Terra.

  1. Serviu para mais de 23 mil experimentos científicos
Cosmonauta Aleksandr Volkov durante caminhada espacial

Entre outras coisas, as missões científicas no âmbito da estação espacial Mir ajudaram a aumentar o conhecimento para prever terremotos com mais precisão.

  1. Eventualmente, a estação ficou defasada e foi desativada
Instrutor de teste russo Oleg Puchkar é auxiliado por mergulhadores durante testes subaquáticos em uma réplica da estação espacial Mir danificada, em 4 de julho de 1997

Com o tempo, as constantes falhas na Mir indicavam que a estação espacial estava desatualizada, necessitando de grandes investimentos para manter sua operação. Como isso não era mais viável, em 23 de março de 2001, a estação foi tirada de órbita em uma zona remota no Oceano Pacífico conhecida como ‘Cemitério de Naves Espaciais’.

Depois que a lendária espaçonave foi afundada, houve rumores não confirmados de que sua desativação havia sido provocada por um vírus mortal oriundo do espaço sideral.

  1. Deu nome a um asteroide
Mir em 12 de junho de 1998

Poucos meses após a Mir ser desativada, o astrônomo belga Eric Walter Elst descobriu um asteroide que acabou recebendo o nome de ‘11881 Mirstation’.

LEIA TAMBÉM: Por que os astronautas se chamam cosmonautas na Rússia?

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies