Cosmonauta russo brincará de ‘esconde-esconde’ com a Terra durante nova missão

Novos tripulantes de futura missão a bordo da ISS

Novos tripulantes de futura missão a bordo da ISS

Estação Espacial Internacional
Tripulantes serão enviados à órbita a bordo da nave espacial russa Soyuz MS-07. Além do russo Anton Shkaplerov, tripulação serão composta pelo norte-americano Scott Tingle e pelo japonês Norishige Kanai.

Os três membros da tripulação que será à órbita da Terra no próximo dia 17 de dezembro continuarão experimentos em andamento a bordo da Estação Espacial Internacional (da sigla em inglês, ISS), mas o cosmonauta russo Anton Shkaplerov terá uma tarefa especial: “brincar de esconde-esconde” com a Terra.

Shkaplerov usará um sensor especial que permitirá ao Centro de Controle de Missão (MCC) procurá-lo nas diferentes áreas da estação O exercício faz parte de um experimento chamado Vizir, cujo objetivo é testar um sistema de rastreamento para cosmonautas e que será usado em caso de situações de perigo, incluindo incêndio.

“Nossa estação é uma grande casa espacial, de 110 por 70 metros”, disse Shkaplerov. “Em uma emergência, o cosmonauta pode ser bloqueado em qualquer lugar, e sua vida pode ficar em perigo. Faremos o experimento para que as pessoas que gerenciam o voo na Terra possam determinar a localização do cosmonauta a todo momento.”

Quatro receptores de sinal de sensor estarão operando no módulo russo Zvezda (Estrela) e fornecerão dados de todos os sistemas de suporte à vida da estação. Eles irão transmitir informações sobre a localização da Shkaplerov para o MCC.

A ideia é que, no futuro, os cientistas instalem em todos os módulos da ISS transmissores semelhantes aos usados nos exercícios.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies