Aeronaves recebidas pelo Exército russo em 2017

Caças da geração 4++ Su-35S, Mi-28 e "Katran" estão entre aquisições

Caças da geração 4++ Su-35S, Mi-28 e "Katran" estão entre aquisições

Vitali V. Kuzmín
No final do ano, as Forças Aeroespaciais russas receberam 190 novos aviões e helicópteros de combate. O Russia Beyond divulga a lista das aeronaves novas mais importantes para a modernização do exército do país.

Aviões

Neste ano, as Forças Aeroespaciais finalmente receberam os novos caças da geração 4++ Su-35S, que tiveram seu batismo de fogo durante operação militar na Síria contra o Estado Islâmico.

O avião transporta até oito toneladas de bombas e mísseis e tem sistemas de defesa contra armas de guerra eletrônica modernas.

Além dos novos caças, o exército recebeu os novos bombardeiros Su-34 (“Fullback”, na designação da Otan), também conhecidos pelos apelidos de "Patinho" ou "Ornitorrinco", devido ao nariz achatado.

Embora seja muito semelhante a um caça, a aeronave, na realidade, é um bombardeiro capaz de transportar até oito toneladas de bombas de alta precisão ou mísseis de cruzeiro.

"O Su-34 é um novo avião que pode realizar bombardeios de primeira linha e missões de longa distância”, explica o analista militar Dmítri Safônov.

"O ‘ornitorrinco’ tem de tudo para garantir voos longos confortáveis, como uma cozinha com forno de microondas e um banheiro. A cabine é grande o bastante para ficar em pé ou se deitar para relaxar", disse.

Helicópteros

Os principais novos helicópteros de combate que foram entregues às Forças Aeroespaciais da Rússia neste ano são o Mi-28 ('Night Hunter') e o Ka-52 ('Cayman').

Os Mi-28 também já foram empregados na campanha militar na Síria. Em 2015, as aeronaves desempenharam papel importante na cidade de Palmira contra o EI.

No vídeo abaixo, o Mi-28 destrói veículos blindados de terroristas com mísseis guiados antitanque. 

O exército também recebeu um lote de helicópteros de combate Ka-52 e sua versão naval "Katran". O último tem lâminas dobráveis, o que permite realizar trabalhos de manutenção no hangar de porta-aviões.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Mais reportagens e vídeos interessantes na nossa página no Facebook.
Leia mais

Este site utiliza cookies. Clique aqui para saber mais.

Aceitar cookies