Blindado que reforçará fronteiras no Ártico já é usado por cosmonautas

TehnoImpuls
Intitulado ‘Kretchet’, veículo já busca cosmonautas em base e realiza operações de resgate.

Os fabricantes russos desenvolveram um monstro de duas toneladas chamado ‘Kretchet’, que poderá ser usado em breve para reforçar as tropas de fronteira no Ártico e no norte do país. Confira abaixo cinco características do modelo.

Novo da praça

Esse quadriciclo, ou ATV (do inglês, All-Terrain Vehicle), para uso off-road foi inicialmente fabricado para cosmonautas e serviços de resgate. Em vez de quatro, no entanto, possui seis rodas com espaço para acomodar dez pessoas sentadas.

“As equipes espaciais usam esse ATV para recolher os cosmonautas dos locais de pouco no Cazaquistão, porque pode atravessar qualquer tipo de terreno”, explicou um dos construtores do veículo, Serguêi Vigovski, ao Russia Beyond

Alta tecnologia

Como o Kretchet já é usado pela corporação espacial Roscosmos para buscar as equipes que aterrissam nas estepes do Cazaquistão, ele também está equipado com suprimentos médicos e possui tecnologia avançada instalada.

“Isso inclui comunicação por satélite para contatos com a base. Também permite que os operadores do veículo vejam imagens de satélite do local”, disse Vigovski.

Salvando vidas

Esse blindado é usado ainda pelo Ministério para Situações de Emergência (EMERCOM) no Extremo Oriente russo. Por meio dele, os serviços de resgate podem alcançar locais inacessíveis, onde nem mesmo helicópteros conseguem pousar.

“Pode passar sobre árvores caídas, pedras e dirigir em subida com ângulo de 60 graus. Também é capaz de atravessar rios e pântanos”, continuou o especialista. 

Futuro do ATM

Em breve, o Kretchet será submetido a testes militares pelo Ministério da Defesa. Entretanto, como foi criado para condições climáticas diversas, desde - 50ºC a 60ºC, acredita-se que o veículo não terá problemas no processo de aprovação.

Segundo o analista militar do jornal “Izvêstia” Dmítri Safonov, essa máquina durável será ideal para os soldados que fazem patrulha nas fronteiras no Ártico.

“Os veículos para esses tipos de força devem ser leves e capazes de percorrer até 2.000 km com apenas um tanque de combustível. Esse pode transpor blocos de neve de três metros de altura a 50 km/h. Se os engenheiros instalarem blindagem adicional e o veículo passar no teste do Ministério da Defesa, poderemos vê-lo no nosso Comando Conjunto Estratégico no Ártico dentro de alguns anos”, disse Safonov.

Máquina de batalha?

Ainda de acordo com Safonov, o Kretchet não é apenas outro veículo blindado leve com metralhadoras pesadas no topo. “É um modelo diferente. Além disso, será usado apenas para patrulhar e missões de reconhecimento ao longo da fronteira.”

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.

Leia mais