Aplicativo russo permite criar avatar 3D super-realista

Tecnologia poderá ser aplicadas nos setores de moda, medicina e segurança, entre outros

Tecnologia poderá ser aplicadas nos setores de moda, medicina e segurança, entre outros

Alamy/Legion-Media
O Face.DJ é capaz de criar modelos em alta resolução, respeitando a textura e a cor de pele do usuário, usando apenas um celular. App já está disponível para iOS.

Os seres humanos estão um passo de se teletransportar para a realidade virtual. Pelo menos é o que propõe a empresa russa VisionLabs ao lançar o Face.DJ, um aplicativo que permite transformar rosto de uma pessoa em um avatar 3D fotorealístico.

O app foi apresentado na feira TechCrunch Disrupt 2017, em Nova York, e já está disponível globalmente pela App Store.

“Essa é a primeira tecnologia que possibilita construir modelos 3D da face em alta resolução, com textura e cor de pele reais, sem equipamentos caros e especiais”, disse Aleskêi Nekhaev, diretor-gerente da VisionLabs, durante uma entrevista no evento.

“Uma selfie é suficiente para construir um avatar em alta resolução, e os usuários podem fazer isso com seus dispositivos móveis, simplificando uma tecnologia muito complexa, transformando-a em brinquedo e colocando no seu celular”, continuou.

O Face.DJ cria modelos 3D apenas do rosto, mas é possível selecionar opções de cabelo e óculos escuros, entre outras características pessoais.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)

O avatar pode ser usado em redes sociais como Facebook ou Instagram.

O aplicativo estará disponível para Android a partir de setembro.

Dos games para o mundo

Os desenvolvedores da VisionLabs tiveram que analisar manualmente uma grande quantidade de dados de reconhecimento facial antes de disponibilizar o aplicativo.

O Face.DJ detecta as partes mais proeminentes da face do usuário, como olhos, lábios e nariz. Em seguida, produz um modelo em 3D da face, adaptando-o ao formato do rosto do indivíduo, e mapeia a textura da foto para gerar o avatar.

A tecnologia foi criada para o mercado de jogos eletrônicos, mas a empresa está negociando com grandes corporações de tecnologia dos EUA que mostraram interesse ​​em integrar o Face.DJ aos seus produtos.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)

“Os jogadores gastam tanto tempo e esforço personalizando seus personagens e criando uma personalidade virtual”, disse Nekhaev. “Também vemos grande potencial para nossa tecnologia nos setores de moda, medicina e segurança, entre outros.”

A empresa está desenvolvendo, em parceria com o serviço de mensagens ICQ, máscaras interativas para chamadas de vídeo.

Além disso, a agência americana de relatórios de crédito Equifax vem usando o software de reconhecimento facial Luna, da VisionLabs, para prevenção de fraudes bancárias.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.