Novo laser quebra-gelo garantirá navegação no Ártico durante ano inteiro

Dispositivo é capaz de cortar calotas de gelo com mais de 1 m de espessura

Dispositivo é capaz de cortar calotas de gelo com mais de 1 m de espessura

AFP
A Rostec, corporação estatal russa responsável por exportações de tecnologia, desenvolveu um novo dispositivo laser marinho capaz de cortar calotas espessas. Testes serão realizados ainda este ano na região de Arkhanguelsk.

O novo dispositivo laser marinho russo é capaz de cortar calotas de gelo com mais de um metro de espessura, graças à sua potência de 200 kW.

Desenvolvido pelo Centro Nacional de Laser Shvabe Astrophysika, uma subsidiária da Rostec, o novo equipamento não possui análogos.

“Este dispositivo irá garantir a navegação de todos os navios através dos campos de gelo, independentemente da espessura, e isso irá permitirá a navegação durante todo o ano nas regiões subárticas e árticas da Rússia”, declarou o diretor-geral do Shvabe Astrophysika, Aleksêi Patrikeev.

Os primeiros testes estão previstos para o final de 2017 na região de Arkhanguelsk, no extremo norte da porção europeia da Rússia.

O design exclusivo do dispositivo consiste em um laser de fibra, um cabo de fibra ótica, uma estrutura para focalizar o feixe de laser e um sistema de alimentação de energia. O laser marinho irá, primeiramente, determinar as linhas de concentração de tensão ao longo da calota e, em seguida, concentrar a irradiação de laser em tal ponto, fornecendo a energia térmica necessária para romper o gelo.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.