Quais são alguns dos “elementos russos” da tabela periódica?

Quiz _ Russian elements in periodic table

Quiz _ Russian elements in periodic table

Shutterstock/Legion Media
Os nomes dos elementos que compõem a tabela de Mendeleiev são criados a partir da trajetória da descoberta científica. Muitos russos e muito da história da ciência do país está ali depositada —faça o teste abaixo para descobrir um pouco mais sobre ela.

A tabela periódica, também conhecida como tabela de Mendeleiev, ganhou oficialmente quatro novos elementos no ano passado: nihonium (Nh), moscovium (Mc), tennessine (Ts), e oganesson (Og), que ocuparam a sétima linha na horizontal, ocupando do 114o ao 118o lugares.

Batizados em junho de 2016, os nomes dos elementos químicos homenagearam seus descobridores, sejam eles os próprios cientista, o país onde foram pesquisados ou até os laboratórios.

Nihonium é uma homenagem a um dos nomes dados ao Japão, Nihon (a terra do sol nascente). O elemento 117, tennessine, foi batizado em homenagem ao Tennessee, onde está o laboratório que o descobriu. 

A Rússia ganhou duas homenagens: o 115o elemento, moscovium, levou o nome da capital do país porque o laboratório que o identificou está ali. E o elemento 118, organesson, homenageia o professor de física nuclear Iúri Oganessian, russo de ascendência armênia.

Há, no entanto, um pouco mais de história da ciência russa encrustrada na tabela periódica, ou de Mendeilev —cujo nome, aliás, vem do químico e físico russo Dmítri Mendeleiev, criador da primeira versão do quadro, em 1869.

Autorizamos a reprodução de todos os nossos textos sob a condição de que se publique juntamente o link ativo para o original do Russia Beyond.